PUBLICIDADE
Notícias

65% preferem que crimes cometidos por militares sejam julgados pela Justiça comum

Hoje, a Lei nº 9.299/1996 diz que crimes dolosos contra a vida praticados por militares contra civil é da Justiça Comum

16:50 | 05/09/2017
No ano de 2016, em desfile cívico no dia 7 de Setembro, estudantes homenageiam vítimas da Chacina da Grande Messejana
No ano de 2016, em desfile cívico no dia 7 de Setembro, estudantes homenageiam vítimas da Chacina da Grande Messejana

[FOTO1]

No Congresso Nacional, está em debate um projeto de lei que prevê que crimes dolosos contra a vida praticados por militares das Forças Armadas contra civis sejam retirados da Justiça comum. No decorrer da última semana, o Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJCE) realizou uma enquete perguntando a opinião dos internautas sobre a proposta. As informações são do site do TJCE.

Um percentual de 65% das pessoas preferem a forma atual. Já 29% dos entrevistados são favoráveis ao projeto. Os 6% restantes não têm opinião acerca do assunto. 100 pessoas foram escutadas na pesquisa. 

Hoje, a Lei nº 9.299/1996 diz que crimes dolosos contra a vida praticados por militares contra civil é da Justiça comum. O projeto de lei tornaria esses crimes competência da Justiça Militar.  

No último dia 16, a proposição recebeu emenda no Senado. Na oportunidade, foi concedido foro permanente para militares que praticassem homicídio doloso contra civil. O projeto, atualmente, está na Comissão de Relações Exteriores do Senado.

 

Redação O POVO Online

 

TAGS