PUBLICIDADE
Notícias

O POVO ganha menção honrosa internacional pelo especial 'À Espera de Francisco'

19:38 | 18/08/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O POVO ganhou menção honrosa no Prêmio Excelencia Periodística, promovido pela Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP), com o caderno "À Espera de Francisco - A peleja da água". O especial publicado em maio de 2016 ainda foi vencedor do Prêmio Banco do Nordeste de Jornalismo em Desenvolvimento Regional em duas categorias - fotografia e infografia. O resultado foi divulgado pela SIP nesta sexta-feira, 18.

Cerca de 50 trabalhos foram finalistas da premiação do SIP, após a comissão de prêmios receber mais de mil inscrições em 13 categorias. A reportagem vencedora na categoria que O POVO concorreu neste ano foi "A estrada que corta o coração da Amazônia", do jornal peruano Ojo Público (ojo-publico.com).

Esta é a quarta vez que O POVO recebe essa avaliação da SIP, desde a primeira vez, em que recebeu menção honrosa pelo especial Patativa (1999). Em 2005, conquistou destaque com a reportagem “O maior assalto do Brasil”, que trazia detalhes sobre o furto ao Banco Central em Fortaleza; e em 2006, com o especial “Documento BR”, que contou histórias de exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais.

%2b Acesse o especial A Espera de Francisco - A peleja da água

“À espera de Francisco” revisitou o tema da seca, costurando história de quem peleja para obter água na região sul do Ceará, em meio ao andamento do projeto de transposição do São Francisco - projeto que desde a concepção já dura dois séculos.

A série jornalística 'A peleja da água' é publicada pelo O POVO desde 2013, sempre tratando das demandas do sertão cearense. "Foi muito importante para o jornal e para os profissionais do O POVO o reconhecimento dado pela Sociedade Interamericana de Imprensa. A Menção Honrosa de uma entidade que reúne grandes veículos jornalísticos de 40 países do Ocidente é algo significativo, importante realmente", aponta o repórter especial do O POVO, Cláudio Ribeiro.

O especial é descrito pelo repórter especial como “consistente de relatos e bonito de ver e entender, tanto no conteúdo impresso como no digital”. Cláudio ainda destaca que a transposição do São Francisco é o projeto público mais caro hoje em execução no País. "Já bate a casa dos R$ 11 bilhões, muitos atrasos de execução e custos elevados para além do previsto inicialmente. Isso tudo precisa de atenção redobrada diante de tantos escândalos nacionais que noticiamos a todo momento", frisa.

TAGS