PUBLICIDADE
Notícias

Corpo encontrado na Beira Mar teve órgão genital arrancado e estava no local há 24 horas

A vítima é um morador de rua e teve o corpo envolto em um colchão

12:52 | 05/08/2017
NULL
NULL

Atualizada às 14h07min

 

[FOTO1]O corpo de um homem em situação de rua foi encontrado na Avenida Beira Mar, em Fortaleza, na manhã deste sábado, 5. A informação foi confirmada pela Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Conforme o órgão, a vítima do sexo masculino não foi identificada, mas os levantamentos da Polícia constataram que era uma pessoa em situação de rua que praticava atos obscenos contra mulheres e crianças.   


O delegado Levy Louzada, da Divisão de Homicídios, disse que a vítima tem histórico de cometer atos obscenos e de tentar estuprar uma mulher e uma criança, ambas em situação de rua. 

 

De acordo com a SSPDS, o corpo foi encontrado com lesões provocadas por golpes de faca, estava próximo a um paredão de pedras e envolto de um colchão. A vítima teve o orgão genital amputado e colocado na própria boca. 

 

[FOTO2]"O corpo estava envolto a um lençol e havia uma corda no pescoço da vítima. Todo o material foi apreendido e será periciado para coletar material genético do responsável", disse.  


A Perícia Forense constatou que o corpo estava ali há pelo menos 24 horas. Uma faca que teria sido usada na ação foi apreendida. De acordo com a SSPDS, a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) e a Perícia Forense estiveram no local e realizaram os primeiros levantamentos.

 Segundo o comandante do Batalhão de Policiamento Turistico (BPTur), tenente-coronel Clairton Abreu, a vítima estava em uma área afastada e havia um colchão por cima do corpo.

O oficial diz que no local o fluxo de moradores de rua é grande, mas afirma que há câmeras no local e policiamento 24 horas. 

TAGS