PUBLICIDADE
Notícias

Comerciante é preso suspeito de tentar matar funcionária de padaria concorrente

O homem teria cometido o crime após o fluxo de clientes na sua padaria ter diminuído em razão da chegada de um concorrente na região. José Edmilton de Oliveira, 51 anos, foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio.

20:58 | 01/08/2017

Um comerciante foi preso suspeito de tentar matar, no bairro José Walter, em Fortaleza, uma atendente de caixa da padaria concorrente. Conforme a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), o caso aconteceu no último dia 27 de julho, quando José Edmilton de Oliveira, 51 anos, entrou no estabelecimento comercial, localizado na rua Paranaí, e efetuou os disparos de armas de fogo contra a mulher. Em seguida, o homem fugiu em uma motocicleta e a vítima foi socorrida.

O homem foi preso no interior do seu estabelecimento nessa segunda-feira, 31, e junto com ele, foram apreendidas duas pistolas legalizadas com registros. José Edmilton possuía a autorização para utilizar as armas de fogo. De acordo com investigações, o suspeito aproveitou para ir até um clube de tiro, após o crime, onde praticou tiro esportivo. Com isso, ele teria um argumento para rebater o resultado do exame resíduográfico. No entanto, em depoimento, o homem negou o fato. As armas foram encaminhadas à Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce).

José teria cometido o crime após o fluxo de clientes na sua padaria ter diminuído em razão da chegada de um concorrente na região. Com isso, o suspeito teria se articulado para matar a proprietária do local, mas acabou cometendo o crime contra uma funcionária. O homem foi encaminhado para o 13° DP, no bairro Parque Manibura, onde foi autuado em flagrante por tentativa de homicídio.

Redação O POVO Online

TAGS