PUBLICIDADE
Fortaleza
Falha em aplicativo

Cartões de crédito são clonados em aplicativo de shopping de Fortaleza

Clientes do empreendimento comercial no Edson Queiroz relataram que tiveram cobranças indevidas após utilizarem o app do shopping para pagar taxa de estacionamento

14:16 | 30/08/2017
(Foto: Evilázio Bezerra/O POVO)
 
Atualizado às 14h16min
Samuel Ribeiro, 22 anos, é uma das vítimas que teve o cartão de crédito clonado após utilizar o aplicativo do Shopping Iguatemi Fortaleza para pagar a taxa de estacionamento do empreendimento. Nesta quarta-feira, 30, o publicitário viu relatos, no Facebook, de pessoas que também sofreram o golpe, e confirmou uma cobrança no valor de R$ 9,99, no último dia 15, no nome de “Wanderley Braz Assessor Santo André BR”.
 
O Supervisor de TI Rafael Santos também relatou em seu Facebook sobre o golpe. Nos comentários da postagem, diversas pessoas afirmaram ter recebido a mesma cobrança em nome do mesmo beneficiário. O que difere entre os relatos é a data, mas a maior parte ocorreu neste mês. Assim como Samuel e Rafael, as pessoas afirmaram ter cancelado os cartões após notarem o golpe.
De acordo com dados da Receita Federal, “Wanderley Braz Assessor - ME” é o nome empresarial do estabelecimento W. Maxx Business Futebol, localizada em Santo André, São Paulo. A empresa atua no agenciamento de profissionais para atividades esportivas, culturais e artísticas, segundo o  Cadastro Nacional da Pessoa Jurídica (CNPJ).
 
O único contato no CNPJ da Wanderley Braz é do escritório de contabilidade Icm Contábil, também localizado em Santo André. Por telefone, a Icm Contábil informou que realizou o processo de abertura da Wanderley Braz Assessor, que, há cerca de dois anos, não seria mais cliente do escritório.
 
Em nota, o shopping afirmou que, em decorrência das reclamações de usuários sobre o sistema de pagamento por aplicativo, suspenderá o serviço temporariamente. O comunicado ainda diz que uma empresa especializada em segurança da informação foi contratada para "realizar uma análise minuciosa do sistema, a fim de garantir a total segurança dos dados".
 
"Por fim, sugerimos que clientes, que tenham identificado eventuais transações indevidas de terceiros em suas faturas, contatem as operadoras de cartões de crédito para solicitar o devido ressarcimento", pontuou.
 
O aplicativo
 
Disponível para celulares com sistema iOS ou Android, o App Iguatemi Fortaleza permite, além do pagamento da taxa de estacionamento: acesso gratuito ao wifi, consulta à programação do cinema, solicitação de reserva de mesa em restaurantes, segundo informações do site do empreendimento.

ISAAC DE OLIVEIRA