PUBLICIDADE
Notícias

Kátia Cilene encerra série do O POVO Online com indicações de lugares em Fortaleza

Última convidada da série 'De Fortaleza, o que mais gosto', cantora indica lugares presentes em seus passeios pela capital cearense

11:00 | 27/07/2017
Kátia Cilene
Kátia Cilene
[FOTO1]A música é uma das maiores ligações de Kátia Cilene com a cidade. A forrozeira começou aos 15 anos, quando venceu três mil concorrentes em um concurso do programa "Terral", que tinha Emanuel Gurgel, proprietário da Mastruz com Leite, como um dos jurados. De lá pra cá, foram 17 anos na banda, antes de ficar a frente do grupo Forró do Bom. 
 
[SAIBAMAIS]Kátia Cilene é a última convidada da série "De Fortaleza, o que mais gosto", que indicou trajetos todas as terças e quintas-feiras deste mês. Em carreira solo há pouco mais de um ano, a cantora lança, nesta quinta-feira, 27, seu primeiro DVD. O registro "A Alma e a Voz de Uma Geração" reúne canções que marcaram época quando foi vocalista da Mastruz, além do seu trabalho como artista solo. 
 
Neste ano, foi uma das principais atrações do Festival Maloca Dragão, na Praça Verde do Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura, onde gravou o DVD em abril último. "A ideia foi de última hora. Quando vimos a repercussão do evento, percebemos que era importante ter um registro daquele momento", conta a cearense, em meio a correria para o lançamento do DVD e os preparativos para sua próxima turnê.
 
Trajeto de Kátia Cilene 

1. Dan Espetus (Rua João Paulino Barros Leal, s/n - bairro Luciano Cavalcante)

"Gosto porque é gostoso. É um ambiente simples, porém muito aconchegante. Acolhedor. Você chega e é muito bem recebido. O que eu vou fazer lá mesmo é comer o espeto porque eu não bebo".

2. Praia do Futuro 

"É um lugar que gosto por ser mais próximo de casa e tem as barracas também. Acho acolhedor. A memória que me traz é a infância do meu filho, quando eu ia muito com ele lá. Hoje é bem mais raro, até porque meu filho cresceu e adolescente não gosta muito de sair com a mãe. Uma vez ou outra, eu vou até lá na Barraca Chico do Carangueijo que eu gosto".

3. Parque do Cocó

"Eu gosto do verde, da paisagem que a gente tem. É bem recreativo também porque sempre tem atividades acontecendo. É um ambiente que precisa ser preservado pelas pessoas, é uma beleza natural que nós temos. E é importante manter esse cuidado com o verde que temos dentro da cidade, não é afastado".

4. Colosso Lake Lounge (rua Hermenegildo Sá Cavalcante, s/n - bairro Edson Queiroz)

"O por de sol de lá é muito bonito e as festas que acontecem também. Geralmente, quando tenho oportunidade de ir, eu vou aos domingos. Dia de domingo no Colosso é muito eclético, tem do sertanejo ao pop rock". 
 
 
TAGS