PUBLICIDADE
Notícias

Hospital realiza mutirão no Dia do Endocopista

O atendimento de exame de endoscopia foi dobrado em homenagem ao dia do médico que realiza o procedimento no Hospital César Cals. A unidade também procedimento cirúrgico por meio endoscópico e sem incisão

21:13 | 25/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Estar deitado na maca na sala de cirurgia do Hospital Geral Dr. César Cals, no Centro, representou para José Edilson de Oliveira, 69, estar a poucas horas de livrar-se de um incômodo sem fim. O aposentado sofre de acalásia da acárdia do esôgafo, doença que destrói a distribuição de fibras nervosas e impede que parte do alimento sega para o estômago. Ele se sente incomodado cada vez que come. “Com feijão, é pior ainda. Engancha tudo aqui, oh”, confirma, apontando para o meio do pescoço. Dali a poucas horas, estaria pronto para se alimentar de tudo que quisesse.

Ele passou pelo procedimento Poem, sigla em inglês que significa Procedimento de Miotomia Endoscópica Peroral. A técnica substitui os cortes e, com isso, a recuperação é mais rápida. O César Cals é o único hospital público em Fortaleza a realizar esse tipo de cirurgia por meio de endoscopia, ao invés de utilizar procedimentos de incisão. Nesta terça-feira, 25, Dia do Endoscopista, o hospital realizou mutirão de atendimento no setor, dobrando a quantidade de atendimentos, passando de 20 para 40 procedimentos.

O chefe do Serviço de Endoscopia do hospital, o médico Paulo Prado, aponta que, por meio do procedimento, é possível detectar uma série de doenças. As mais comuns são as gastrites, úlceras e doença de refluxo.

A aposentada Maria Vilani de Sousa, 69, esperava há um mês para realizar o exame e, com o mutirão, pode realizar o procedimento. Ela, que mora na Barra do Ceará, pegou o encaminhamento no Posto de Saúde e marcou o exame no hospital.

O Hospital Geral César Cals realizou 8.244 procedimentos endoscópicos em 2016 dos quais 4.161 foram endoscopias em 2016. Este ano, até junho, já se somam 3.658 procedimentos endoscópicos, dos quais 2.210 são endoscopias.

Rede pública de atendimento

São seis unidades de saúde do Estado a realizar o procedimento de endoscopia: Hospital Geral de Fortaleza, Hospital Geral César Cals, Hospital Geral Waldemar Alcântara, Hospital Infantil Albert Sabin, Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, Hospital Regional, em Sobral. Além desses, oito policlínicas regionais do Governo do Ceará realizam o exame.

Quadro

- Em 2016, o Hospital Geral de Fortaleza realizou 5.527 exames de endoscopia. Em 2017, foram 2.852 até junho.

- O Hospital Geral Waldemar Alcântara realiza o exame de endoscopia para os pacientes internados e egressos de internação que estejam em acompanhamento ambulatorial. Em 2017, foram 1.174 endoscopias. Este ano, 571 exames de endoscopias até junho.

- Em 2016, o Hospital Infantil Albert Sabin realizou 1.156 exames de endoscopia e, neste ano, 991 exames até maio. O Hospital Infantil Albert Sabin atende a pacientes de 0 a 18 anos incompletos.

- Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte, realizou 1.102 exames de endoscopia em 2016 e, em 2017, já são 643 até junho.

- Hospital Regional do Norte, em Sobral, realizou 1.833 exames de endoscopia em 2016 e, em 2017, já são 818 até junho.

- As Policlínicas Regionais, num total de 19, realizaram 24.183 exames de endoscopia em 2016.

TAGS