PUBLICIDADE
Notícias

Em 20 dias, Polícia Civil apreende 116 kg de drogas e prende 14 suspeitos

As informações foram divulgadas nesta quinta-feira, 6, pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS)

23:15 | 06/07/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Nos últimos 20 dias, ações da Divisão de Combate ao Tráfico de Drogas (DCTD) da Polícia Civil do Estado do Ceará (PCCE) apreenderam 116 quilos de drogas, cinco armas e 14 suspeitos na Região Metropolitana de Fortaleza. O balanço foi divulgado nesta quinta-feira, 6, pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS).

Na última terça-feira, 4, os policiais civis da especializada desarticularam um grupo responsável pelo o tráfico de drogas na região do Mondubim e adjacências. Entre os presos está Darliliane Alves de Freitas, 29 anos, a "Negona", que seria a chefe do tráfico na área. Também foram capturados Marcos Raliton de Almeida dos Santos, 23 anos, o "Jacaré"; Estefânia Ferreira de Souza, 21, vulgo "Luana"; Francisco Renato Maciel Alencar, 26, que já responde por tráfico de drogas; Jair Viera de Barros (34) e Kelliton Barros da Silva (23), o "Tom", que já responde a três procedimentos por tráfico de drogas e um por homicídio.

No total, com o grupo, a Polícia apreendeu 47,7 quilos de maconha prensada, cerca de meio quilo de cocaína, 312 gramas de crack, duas pistolas – sendo uma calibre 380 e outra .40, com o brasão da Polícia Civil da Bahia –, 19 munições, uma prensa, material para produção –mineíta e bicarbonato de sódio – e embalagem de crack, além de nove celulares e três balanças.

Ainda na última terça-feira, após uma denúncia anônima, policiais civis chegaram a uma residência no município de Maranguape, que serviria como depósito de drogas. No local, os policiais apreenderam 1,4 quilo de cocaína, 285 gramas de maconha, um quilo de mineíta (utilizado para desdobramento da cocaína), duas balanças de precisão e documentos. Na ação, ninguém foi preso, porém o proprietário da droga já foi identificado e está sendo procurado.

Ações anteriores

Já no dia 27 de junho passado, a Polícia capturou Kátia Maria Cunha da Cruz Melo, 40 anos, e Darlen de Oliveira Teixeira, 23, ambos sem antecedentes criminais. Com a dupla, foram apreendidos 5,950 quilos de maconha, 950 gramas de crack, 25 gramas de cocaína e uma pistola calibre 380 com doze munições.

No dia seguinte, quarta-feira, 28, os policiais capturaram Márcio Conrado Freire, 40, que já responde por tráfico de drogas; Charlene de Mesquita Ferreira, 34, Josiene Oliveira de Araujo, 22, e Vitória Pereira Custódio, 18, todas sem antecedentes criminais. Na ação, foram apreendidos 21 quilos de maconha prensada, uma balança de precisão, uma motocicleta YBR125 de placa NQW 9319 e um veículo Gol de placas OSV 4948.

 

Praia do Futuro 

No último dia, 17, os policiais da DCTD capturaram, na Praia do Futuro, Jefferson Lucas Grangeiro Borges, 24, o "Jeff", sem antecedentes criminais; e Weslley Loureiro Batista de Castro, 25 anos. Os policiais apreenderam 483 pontos de LSD, 8,1 quilos de maconha tipo skunk (um tipo de maconha cultivada em laboratório), duas armas – sendo uma pistola cal 380 e um revólver calibre 38 –, 28 munições, dois celulares, balanças de precisão e materiais para embalagem da droga.


 

Weslley Loureiro, depois de processado, foi absolvido da acusação de tráficode na da 2ª Vara de Delitos de Tráfico de Drogas. "Absolvo de todas as imputações que contra ele pesam em razão da ilegalidade do flagrante, ilicitude das provas e das diligências encetadas para se chegar até ele", sentenciou o juiz Jorge Miranda no dia 22 de março de 2018.

 

Jefferson Grangeiro foi condenado "nas penas do art.33, caput (tráfico de drogas) e o absolvo da imputação do art. 35 (associação para o tráfico), ambos da Lei no 11.343/03", escreveu o juiz da 2ª Vara.

 

Bom Jardim   

No mesmo dia, no bairro Bom Jardim, os policiais apreenderam 29,7 quilos de maconha. Os profissionais de segurança chegaram ao local por meio de denúncia anônima. O local, um barraco, aparentemente desabitado, servia como ponto para armazenamento de drogas.

Redação O POVO Online

TAGS