PUBLICIDADE
Notícias

Teto desaba sobre alunos em faculdade de Fortaleza

Caso aconteceu por volta das 7h30min desta terça-feira, 2. Segundo um aluno da instituição, três estudantes que estavam no local sofreram algumas escoriações

16:44 | 02/05/2017
Escombros do teto sobre mesas e carteiras
Escombros do teto sobre mesas e carteiras
[FOTO1]
Atualizada às 17h15min
Estudantes da Faculdade Maurício de Nassau, em Fortaleza, aguardavam a aula quando o teto da sala desabou sobre eles na manhã desta terça-feira, 2. Segundo um aluno da instituição que pediu para não ser identificado, três alunos estavam dentro da sala e sofreram algumas escoriações. O acidente foi registrado por volta das 7h30min. 
 
Um vídeo gravado logo após o acidente mostra os escombros do teto sobre mesas e carteiras. As imagens mostram que a sala era da turma do 6º semestre do curso de Farmácia. 
 
O estudante que pediu anonimato contou que estava na sala ao lado quando ouviu o barulho e sentiu um tremor. Ele diz que ajudou a socorrer as vítimas. “Eram duas meninas e um menino. Ainda tinha alguma parte do teto sobre eles. Ajudamos a tirar o que tava coberto e saímos por medo de acontecer novamente”, informou. De acordo com o jovem, apesar de algumas escoriações, as vítimas não ficaram em estado grave. 
 
[FOTO2] 

O estudante também contou que o acidente foi uma “catástrofe anunciada”, uma vez que já havia marcas de possíveis infiltrações no teto da sala, inclusive, em outras salas. Ainda de acordo com o aluno, a sala em que estuda, ao lado do acidente, tem sinais de possível desabamento.
 
Procurada pelo O POVO Online, a Maurício de Nassau informou que está apurando as causas do incidente. "O prédio da unidade Dorotéias está passando por reformas, e por se tratar de uma edificação centenária e tombada, existem cuidados que devem ser tomados previamente. A instituição prestou total apoio aos alunos envolvidos e reforça que vai realizar todas as medidas necessárias para que o ocorrido não volte a acontecer", comunicou a faculdade por meio de nota.
 
Confira vídeo
[VIDEO1] 
 
Redação O POVO Online
TAGS