PUBLICIDADE
Notícias

Para secretário, morte de policial foi crime de ''preconceito e ódio''

18:33 | 07/05/2017

O secretário da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), André Costa, classificou como “morte motivada pelo preconceito e pelo ódio” o assassinato do policial José Carlos Vasconcelos, 42, ocorrido na manhã do último sábado, 6. Apesar de ter sido baleado durante um assalto, na avaliação do gestor, o soldado, que pertencia à Reserva da Polícia Militar, foi morto “somente pelo preconceito que esses bandidos têm contra policiais”.

[SAIBAMAIS]Em postagem feita nas redes sociais, Costa defendeu que a sociedade precisa “discutir seu papel em como ajudar e apoiar o policial em casos de morte motivada pelo preconceito e pelo ódio” e que pretende reunir tropa, comandantes e representantes de classe para discutir e traçar estratégias de combate e de prevenção a casos semelhantes.

[VIDEO1] 

TAGS