PUBLICIDADE
Notícias

Morre PM baleado no assalto em que criminosos usavam fardamento escolar

Tiago era lotado na 2ª Companhia do 1º Batalhão de Policiamento Comunitário. Ele estava de folga no momento do assalto, mas rendeu um dos criminosos e acabou baleado

10:48 | 24/05/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O policial baleado durante assalto a uma clínica de fisioterapia, no último dia 24 de abril, morreu na noite dessa terça-feira, 23, no Instituto Doutor José Frota (IJF), no Centro de Fortaleza. O soldado Antonio Tiago Nogueira Lima, 34, estava de folga e rendeu um criminoso que anunciou o roubo, mas foi surpreendido por outros três assaltantes.

O PM foi atingido com quatro tiros no tórax e encaminhado ao Frotinha de Messejana, sendo posteriormente transferido ao IJF. Dois homens foram presos suspeitos de envolvimento na ação que vitimou o policial.

Tiago era lotado na 2ª Companhia do 1º Batalhão de Policiamento Comunitário, na Área Integrada de Segurança 3 (AIS-3). Ele ingressou na PM em abril de 2015.

A PM lamentou a morte do soldado e informou que, por meio da Célula de Saúde e Assistência Social (CSAS), presta assistência especial aos familiares. O velório do soldado é realizado na manhã desta quarta-feira, 24, na Igreja Cristã Evangélica de Messejana. O sepultamento está previsto para as 17 horas,  no cemitério público localizado no bairro Messejana. 

A Associação dos Profissionais da Segurança (APS) também lamentou. "Com a morte do soldado, sobe para 11 o número de policiais assassinados em 2017. A APS se solidariza com familiares, amigos e admiradores do soldado Nogueira", divulgou em nota de pesar.  

Os criminosos estavam com fardamento escolar, mochila, livros e armas na cintura quando anunciaram o assalto na clínica. Na época, um dos presos disse à Polícia que o material era dele, da época que frequentava a escola municipal, e foi utilizado para despistar.

[FOTO2] 

 

 

TAGS