PUBLICIDADE
Notícias

Restaurante Maria Bonita encerra suas atividades em Fortaleza

Conforme a proprietária Daciane Barreto, a busca por uma vida com mais qualidade foi o fator determinante pela decisão de pôr fim a história do estabelecimento

09:00 | 11/03/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

Prestes a completar 20 anos de história na gastronomia de Fortaleza, o Restaurante Maria Bonita encerrou suas atividades na última sexta-feira, 3 de março. A informação foi confirmada com exclusividade ao O POVO Online pela proprietária do estabelecimento, Daciane Barreto, 61 anos, em entrevista por telefone.

Segundo conta, ela e seu marido, Edson Duarte, 54 anos, decidiram fechar as portas do restaurante por vários motivos, mas a busca por uma ‘vida melhor’ foi o fator determinante para a decisão.

“Meu marido teve problemas de saúde a partir de outubro de 2016 e eu não estava mais conseguindo estar lá, além de cuidar dele, tinha assumido outras funções. A crise financeira também não deixou de ser um fator para o fechamento. Mas o ponto maior de decisão do encerramento do Maria Bonita foi optar por uma condição de vida melhor. Estávamos há 20 anos à frente de lá, você não tem férias e chega um momento que você tem que viver um pouco, ter mais horas de descanso, se dedicar à sua qualidade de vida”, afimou.

Por enquanto, os propretários não pensam em reabrir o restaurante, mas não descartam a possibilidade de passar o ponto para alguém. “Não estamos pensando em retornar. Neste momento, a gente não levanta a questão (reabrir), mas pensamos sim em passar para alguém, caso haja propostas”, contou a proprietária, que agora promete ‘aproveitar a vida melhor.

[VIDEO1] 

Inaugurado em 11 de julho de 1997, o estabelecimento, localizado na Rua Desembargador Leite Albuquerque, no bairro Aldeota, saiu do leque de opões gastronômicas de Fortaleza, na sexta-feira da semana passada, ao som da banda ‘Caco de Vidro’, cover do Pink Floyd.

Fechamento de um ciclo

Para Daciane, o fim das atividades do ‘Maria Bonita’ representa o fechamento de um ciclo, mas que não deve ser tratado com tristeza. “O fechamento do restaurante é uma parte muito representativa na nossa vida e do pessoal de Fortaleza. Consideramos que a cidade foi muito generosa conosco. A gente tem a que agradecer aos nossos amigos que sempre nos apoiou. A gente se despede com alegria e um fechamento de ciclo para a nossa vida, que optamos por ter uma melhor qualidade de vida”, agradeceu com a voz embargada.

TAGS