PUBLICIDADE
Notícias

'Não ficarão impunes', diz Camilo sobre caso de travesti assassinada

O gestor estadual se pronunciou sobre o caso por meio das redes sociais e prestou solidariedade à família e amigos da vítima

19:11 | 04/03/2017

O governador Camilo Santana (PT) prometeu neste sábado, 4, que os responsáveis por espancar até a morte a travesti Dandara no bairro Bom Jardim, em Fortaleza, não ficarão impunes. O gestor estadual se pronunciou sobre o caso por meio das redes sociais e prestou solidariedade à família e amigos da vítima.

[SAIBAMAIS]"Todo e qualquer ato que atente contra a vida tem o meu mais profundo repúdio. Desde o início do nosso governo, não temos medido esforços, juntamente com nossas forças de segurança, para combater a violência no Ceará. Nossa meta é reduzir, cada vez mais, os crimes contra a vida. Diante do repugnante e inaceitável crime do qual foi vítima Dandara dos Santos, em Fortaleza, determinei ao secretário da Segurança total empenho no sentido de identificar e punir cada um dos criminosos. Tenham certeza de que eles não ficarão impunes. Não iremos tolerar esse tipo de violência", disse Camilo no Facebook.

Um plano de proteção para as minorias será desenvolvido, segundo comunicou o governador. Camilo disse que uma reunião foi marcada para a próxima terça-feira, 7, entre a Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS) e a  Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT do Estado do Ceará, para debater sobre o projeto.

[VIDEO1] 

 

Uma nota oficial sobre o caso também foi divulgada neste sábado, assinada pelo secretário-chefe do Gabinete do Governador. "O Governo do Ceará vem a público manifestar o seu mais profundo repúdio a atos de violência e intolerância como o que foi praticado contra Dandara dos Santos, morta por brutal espancamento. Cumpre informar que toda a estrutura da Segurança Pública do Estado está mobilizada para a apuração do crime e punição dos responsáveis", diz trecho da nota.

O crime
Dandara foi brutalmente assassinada no último dia 15 de fevereiro. O vídeo do crime, que circula em páginas da internet, choca por inúmeros motivos, mas, principalmente, pelo ódio dos agressores e pela banalidade como tiram a vida de alguém que não consideram como igual.

Veja nota na íntegra do Governo do Ceará:
"O Governo do Ceará vem a público manifestar o seu mais profundo repúdio a atos de violência e intolerância como o que foi praticado contra Dandara dos Santos, morta por brutal espancamento. Cumpre informar que toda a estrutura da Segurança Pública do Estado está mobilizada para a apuração do crime e punição dos responsáveis.

Este governo acredita e defende, por meio de uma estrutura de direitos humanos vinculada ao Gabinete do Governador e por políticas públicas vigentes, que o pluralismo, a diversidade e a tolerância são valores fundamentais para a democracia. Estes são pilares inalienáveis de uma sociedade inclusiva e justa

A Coordenadoria Especial de Políticas Públicas para LGBT do Estado do Ceará tem entre suas atribuições a execução de políticas de atendimento e de afirmação das minorias de gênero, assim como a contribuição efetiva para o debate sobre todas as questões relativas à população LGBT.

Em consonância com os preceitos das liberdades individuais e dos direitos humanos, reafirmamos nossa opção pela vida humana, renegando toda e qualquer manifestação de preconceito."

TAGS