PUBLICIDADE
Notícias

Guardas municipais resgataram mais de 30 passageiros após acidente com ônibus no Centro

Os agentes quebraram o vidro do coletivo e retiraram os passageiros em decorrência do vazamento de óleo diesel

22:23 | 01/03/2017
NULL
NULL

[FOTO1]

Equipes da Guarda Municipal que passavam pelas proximidades do local do acidente entre dois ônibus no cruzamento das ruas Senador Alencar com Tristão Gonçalves, nesta quarta-feira, 1º, foram os primeiros a se deparar com a colisão e resgataram mais de 30 passageiros.

Segundo o guarda municipal Andrade, equipes que faziam o patrulhamento da área da Praça da Lagoinha e rua Guilherme Rocha, no Centro, presenciaram o acidente e pediram o apoio. Em seguida, os próprios guardas começaram o resgate.

 "Foi um trabalho manual, quebramos os vidros dianteiros do veículo. As vítimas ainda estavam abaladas e não sabiam o que tinha acontecido. Acalmamos as vítimas para não gerar o estado de choque", relata.

 

Segundo o guarda municipal, o momento era de preocupação, pois houve a queda de um poste de energia e o vazamento de óleo diesel. Moradores tentavam obstruir o bloqueio feito pela Guarda para observar de perto o acidente.

O ônibus que fazia a linha Bezerra de Menezes/Santos Dumont estava com aproximadamente 30 passageiros, o outro veículo, que era particular, oito pessoas.

O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência (Samu) socorreu as vítimas no local e encaminhou todos para unidades de saúde. 

 

Vítima 

 Renan Veloso, de 23 anos, apresentava ferimentos leves no braço. Ele disse que percebeu quando o ônibus particular veio em direção a lateral do coletivo. "O ônibus rodou e capotou. Foi de uma hora para outra, vi o ônibus se aproximar", afirma. 

 

Nota

As vítimas foram socorridas pelas equipes do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhadas para o Hospital Distrital Evandro Ayres de Moura, Frotinha de Antônio Bezerra e o Instituto Doutor José Frota (IJF).

 

Conforme a assessoria de imprensa do IJF, duas pessoas feridas deram entrada no hospital e realizaram exames de avaliação médica. O estado de saúde das vítimas não foi divulgado. Até o momento, não há o número exato de feridos.  

 

(Colaborou Glauber Sobral)  

 

 

 

TAGS