PUBLICIDADE
Notícias

Centro Dragão do Mar apresenta programação especial no 'Dia Internacional da Mulher'

No dia 8 de março, 'Trovadoras Itinerantes (Cia Catrina e Rede Mnemosine)' e 'Damas cortejam' farão shows no Espaço Rogaciano Filho

22:47 | 06/03/2017
NULL
NULL

[FOTO1] 

O Centro Dragão de Mar de Arte e Cultura apresentará na quarta-feira, 8 de março, shows das ‘Trovadoras Itinerantes (Cia Catrina e Rede Mnemosine)’ e ‘Damas cortejam’ em comemoração ao ‘Dia Internacional da Mulher’.

As apresentações acontecerão às 19 horas, no Espaço Rogaciano Filho, com entrada gratuita e classificação livre.

Conheça as atrações:

Trovadoras itinerantes

Participação: Rede Mnemosine de Mulheres Cordelistas, Cantadoras e Repentistas
Grupo: Cia Catirina/Rede Mnemosine

O show Trovadoras Itinerantes traz o melhor da cultura nordestina, passeando por canções e poesias autorais do grupo e de grandes nomes da cantoria e da literatura de cordel. Os temas do recital refletem o universo feminino em diversas vertentes e abordagens política, social, cultural e filosófica, contando com a participação de autoras da literatura de cordel cearense.

A Rede Mnemosine é um movimento nacional de valorização da produção feminina na cultura popular, especialmente voltado às artes da literatura de cordel, gravura e cantoria.

Damas cortejam

O projeto "Damas Cortejam", grupo percussivo feminista, nasce trazendo em sua essência duas expressões da palavra "cortejo": como ato de cortejar, "galantear"; mas também como nome que costuma se dar ao movimento realizado por caravanas musicais, compostas por instrumentistas que se deslocam tocando e cantando, principalmente pelas ruas. Ambos os significados trazem de maneira forte marcas do lugar da mulher contemporânea, que em contrapartida a tempos passados e em contraste com a expressão, tão rebuscada, " dama", assume papéis e atividades das mais diversas, além de poder posicionar-se de forma mais ativa. Hoje as mulheres ocupam "a rua" e os palcos. Hoje, "AS DAMAS TAMBÉM CORTEJAM".

O espetáculo contempla músicas populares brasileiras, percorrendo desde seu estilo mais clássico até o regional, passando também pelo movimento conhecido como Tropicália. A ideia é de executar prioritariamente este estilo musical (MPB), porém adaptando-o a ritmos percussivos. O repertório inclui também, ainda que em menor escala e, como os demais, adaptados para a versão percussiva, gêneros musicais como o brega, o rock, o samba e de outros movimentos, como a Bossa Nova.

Redação O POVO Online com informações do Cento de Cultura e Arte Dragão do Mar

TAGS