PUBLICIDADE
Notícias

Mais de 500 embarcações já foram fiscalizadas no Ceará

Oito delas foram apreendidas. As vistorias serão intensificadas até o próximo dia 1º de março. Operação Verão 2016/ 2017 acontece em todo o litoral e Interior do Ceará

15:07 | 02/02/2017
Um total de 529 embarcações foram fiscalizadas em todo o Litoral do Estado e também no Interior do Ceará, incluindo açudes, rios, barragens e lagoas até esta quinta, 2, pela Capitania dos Portos. A Operação Verão 2016/ 2017 iniciou no dia 15 de dezembro do ano passado, e apreendeu oito motos aquáticas e uma lancha por apresentarem problemas na documentação.
 
Sete motos aquáticas (popularmente conhecidas como Jet Ski) foram apreendidas na Lagoa do Banana, em Caucaia, e uma na Lagoa do Catu, em Aquiraz, onde também foi recolhida uma lancha. Todas as embarcações apresentaram problemas na documentação. As duas cidades ficam na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF).
 
A operação fiscaliza somente embarcações que apresentem motores e são destinadas a lazer e a turismo, segundo o tenente Francisco Horizonte. Os barcos de pesca não estão sendo monitorados. “Nós realizamos operações durante todo o ano. Nesse período de férias, intensificamos a fiscalização, por se ter um aumento do uso”, aponta o tenente.
 
A principal causa dos acidentes em embarcações de esporte e recreio é a falha humana, informa ele. “É fundamental adotar atitudes conscientes para prevenir acidentes e preservar a vida, não apenas dos responsáveis pela embarcação, mas de todos os que estão a sua volta”, diz o tenente.
 
Os militares da Capitania dos Portos do Ceará e de suas Agências foram preparados para atuarem de acordo com as Normas de Segurança do Tráfego Aquaviário e com o uso de etilômetros. Visitas às marinas, clubes e colônias são realizadas durante odecorrer do ano. A expectativa da operação é de conscientizar à população sobre a importância da segurança da navegação.
 
Redação O POVO Online 
TAGS