Já programou as férias dos filhos? Confira opções de intercâmbios para crianças e jovens Notícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias


Já programou as férias dos filhos? Confira opções de intercâmbios para crianças e jovens

O POVO Online selecionou oportunidades para crianças e jovens de 9 a 30 anos. Escritórios em Fortaleza já têm vagas abertas

21:29 | 04/01/2017
NULL
NULL

Com a proximidade do período de férias, as perguntas: o que fazer? Como aproveitar melhor este tempo? Crianças e jovens têm um grande leque de opções, e um intercâmbio cultural pode ser uma boa alternativa. Aqueles de 9 a 17 anos podem aprender outros idiomas em países como Malta, Espanha e Canadá, tendências nas agências de viagem. Já os maiores de 18 podem realizar projetos sociais, em parceria com ONGs, em destinos aparentemente exóticos, como México e Hungria.

 

[FOTO1]

 

A coordenadora de produtos da agência CI, Gabriela Pereira, explica que o Canadá sempre foi um destino muito procurado, mas a cidade de Montreal é uma novidade no portfólio da empresa. "Montreal tem um estilo bem distinto de cidades como Toronto e Vancouver, pela influência da colonização francesa", sugere. Barcelona é outra alternativa, para quem opta por aprender ou praticar o idioma espanhol, "além de ser umas das cidades mais bonitas e descoladas da Europa", completa. "Malta é outro destino em alta, principalmente pelas praias e pelo custo reduzido”.

 

[SAIBAMAIS]

 

Estes destinos são indicados para crianças e adolescentes que já buscam uma experiência internacional. Além de desenvolver a fluência em outro idioma, a vivência cultural é importante para os pequenos. E a idade não é um obstáculo: há escolas que aceitam crianças a partir dos 9 anos. No geral, os cursos de idiomas duram entre duas a oito semanas e, paralela às aulas, a programação turística é outro atrativo.

 

Quanto a comum preocupação dos pais, Gabriela ressalta que os programas de intercâmbio teen são formados por grupos acompanhados por monitores. “A CI ainda garante uma viagem segura e inesquecível. São três semanas entre estudo e diversas atividades culturais e de turismo pela cidade”, esclarece.


A estudante fortalezense Nina Uchoa Chequer, 11, conta que fez o seu primeiro intercâmbio aos 9 anos. O destino foi Brighton, na Inglaterra. “Foram as melhores férias da minha vida. Aprendi muito, conheci gente do mundo inteiro e visitei lugares incríveis. As amizades que fiz, as aventuras que vivi, todos os momentos foram únicos e inesquecíveis”, relembra a menina.


Os pacotes completos do intercâmbio teen custam em média R$ 15 mil, e incluem os gastos mais importantes desse tipo de viagem: acomodação, alimentação e o suporte dos monitores da CI.

 

[FOTO2]

Opções para jovens


Para os mais crescidos, intercâmbios profissionais ou de voluntariado no exterior são opções. A Aiesec, organização internacional sem fins lucrativos, promete desenvolvimento de “liderança por meios de intercâmbios”. É o que diz Ítalo Mourão, diretor de relacionamentos da filial da Aiesec em Fortaleza.


“Há modalidades de intercâmbios voluntários e profissionais. O primeiro, Voluntário Global, proporciona ao intercambista, que deve ter entre 18 e 30 anos, realização de trabalho em ONGs e/ou escolas durante um período de 6 a 8 semanas”, explica. São projetos de ensino de idiomas, atividades sócio-culturais, gestão, sustentabilidade, dentre outros.

 

Segundo Ítalo, os destinos mais procurados são países da América Latina e Leste Europeu, como Colômbia, Peru, México, Hungria e Rússia. “O período de realização é durante todo o ano, com maior busca nos meses de férias, como dezembro, janeiro, junho e julho”, pontua.

[FOTO3]
É o que fez a estudante Lorena Marques, 22. Ela aproveita as férias da universidade, desde o início de dezembro, em viagem para Bogotá. Até fevereiro, ela desenvolve um projeto cultural com crianças e adolescentes, de 5 a 12 anos. “O projeto é voltado à prática de esportes, relacionada a valores. Além da brincadeira, a gente aborda diversas temáticas como igualdade de gênero, liberdade de expressão e sustentabilidade”, relata a jovem.

 

A estudante de Contabilidade fala ainda da cultura colombiana. “Eu queria trabalhar com algo diferente da minha área e busquei o esporte, meu hobby. O intercâmbio está superando minhas expectativas, principalmente pela abertura cultural das crianças. Os colombianos são simpáticos, solícitos e receptivos”, elogia, celebrando ainda a música e a culinária locais.

[FOTO4]
Além do programa de voluntariado, a Aiesec oferta programas de intercâmbio profissionais, de duração prolongada, que tem foco trabalho em empresas multinacionais e start-ups no exterior. Para estas modalidades, podem se inscrever estudantes das áreas de Tecnologia da Informação, Gestão e Educação.

 

Serviço


Aiesec Fortaleza
Endereço: Av. Barão de Studart, 2360, sala 904 - Joaquim Távora
Inscrições pelo site aiesec.org.br/inscricao ou pelo telefone 85 3099.0055


CI Intercâmbio e Viagem
Endereço: Av. Santos Dumont, 2626 - Aldeota
Telefone:  85 3268.3844

TAGS