PUBLICIDADE
Notícias

Suspeito de latrocínio que vitimou PM é preso e reconhecido por testemunhas

Bruno Washington teria cometido o crime depois de ter fugido do 8º DP

17:39 | 14/11/2016
NULL
NULL

[FOTO1]Com mandado de prisão em aberto após fugir do 8º Distrito Policial (DP), Bruno Washington dos Santos, de 21 anos, foi preso nesta segunda-feira, 14. Ele é suspeito do latrocínio (roubo seguido de morte) do policial militar (PM) Samuel David Nogueira Morais, morto em 12 de agosto deste ano, no bairro Parangaba, na presença do filho de cinco anos. Bruno teria cometido o crime depois da fuga.

 De acordo com o responsável pela investigação, titular do 5º DP, delegado Renê Andrade, desde o dia do crime o 5º DP em parceria com a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) começaram as investigações. Testemunhas foram ouvidas, imagens de circuito de segurança e até um retrato falado confeccionado pela Perícia Forense foi divulgado. "Fizemos várias investidas e ele se evadiu. Apesar de ser morador da Bela Vista, recebemos informações que ele estava alugando uma casa para os lados do Conjunto Ceará", relatou.

 No domingo, 13, Bruno Washington foi preso com mandado de prisão em aberto no bairro Couto Fernandes, Pela Polícia Militar e encaminhado ao 11º DP (Panamericano). " nesta segunda-feira, 14,  ele passou por um reconhecimento na própria delegacia, com a presença de outras pessoas e foi reconhecido pelas testemunhas.", explica.


 Na quarta-feira, 16, ele deve passar por um interrogatório e o delegado Renê Andrade indiciou Washington pelo crime de latrocínio. Um mês antes do crime que vitimou o soldado David, no dia 10 de junho, o suspeito do latrocínio foi preso pela na Avenida Godofredo Maciel, na Maraponga, com um revólver calibre 38 e um veículo que havia sido tomado de assalto, segundo o relatório de ocorrências da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Bruno Washigton foi preso com mais dois homens e conduzidos à Delegacia plantonista. No entanto, ele fugiu do 8º DP no dia 25 do mesmo mês. 

TAGS