PUBLICIDADE
Notícias

Morre Dona Gercila, fundadora do abrigo Cristo Rei, aos 94 anos

Dona Gercila, como era conhecida, fundou o abrigo em 1960, pelo qual estima-se já ter passado mais de 4 mil pessoas

22:00 | 16/11/2016
NULL
NULL

Faleceu por volta do meio-dia desta quarta-feira, 16, Gercila Rodrigues Vieira, aos 94 anos. Dona Gercila foi fundadora do abrigo Cristo Rei, instituição filantrópica e não-governamental que acolhe crianças carentes desde 1950.

[FOTO1]
Dona Gercila faleceu em casa, vítima de uma parada cardíaca.


O velório acontece na noite desta quarta-feira, no Cemitério São João Batista, na Capital. Uma missa de corpo presente está marcada para as 8 horas desta quinta-feira, 17. Em seguida, o enterro, às 9 horas.


Dona Gercila nunca casou ou teve filhos biológicos. Deixa, no abrigo Cristo Rei, mais de 40 crianças e adolescentes, entre internos e seminternos.


Rodrigo Nóbrega, voluntário do Grupo Pai - Projeto Amigo do Idoso e da Infância, um dos grupos de apoio ao abrigo Cristo Rei, relembra Dona Gercila. "Ela era uma pessoa pura, muito católica, sem ambições. Se preocupava muito com as crianças e dedicou a vida inteira ao abrigo, sempre com um sorriso no rosto", conta.


Em 2014, O POVO contou um pouco da história de Dona Gercila. Leia mais aqui.
[FOTO2]
Abrigo Cristo Rei


A instituição cuida de crianças e adolescentes carentes de vários bairros de Fortaleza. Comumente, os internos são encaminhados quando as famílias não têm consições de sustentar. Já os seminternos desenvolvem atividades educativas e recreativas durante o dia. Lá, os 22 internos e 20 seminternos recebem abrigo, alimentação, educação e carinho.


Estima-se que a instituição já tenha acolhido ao longo destes 66 anos, mais de 4 mil pessoas.


Sobre o sustento da casa, dona Gercila costumava dizer “Vivemos das graças de Deus, que a cada dia coloca pessoas generosas em nosso caminho". Estes são doadores e voluntários, sempre bem-vindos.


Serviço
Abrigo Cristo Rei
Onde: Avenida Bezerra de Menezes, 1643 - São Gerardo
Aceita doações de alimentos, roupas e material de limpeza. Voluntários também são necessários
Contato para visitas ou doações: (85) 3223.0910

Redação O POVO Online

TAGS