PUBLICIDADE
Notícias

Policiais Civis do Ceará deflagram greve após assembleia no Centro

11:23 | 21/09/2016

Policiais civis do Ceará decidiram deflagrar a greve após votação em assembleia realizada nesta quarta-feira, 21, na Praça dos Voluntários, no Centro. A categoria inicia o movimento de paralisação geral neste sábado, 24, a partir das 12h. Apenas 30% do efetivo serão mantidos na escala.

 

[SAIBAMAIS]Devido ao ato desta quarta, que teve início às 9h, a categoria promoveu paralisação por 24 horas. Apenas quatro delegacias estão normalmente no Estado: duas em Fortaleza (7º Distrito Policial e Delegacia da Criança e do Adolescente) e duas no Interior (Camocim e Brejo Santo). A prioridade quanto à realização de Boletim de Ocorrência, nestas unidades, será ocorrências com flagrantes. Outra saída é o Boletim de Ocorrência eletrônico (www.delegaciaeletronica.ce.gov.br).

 

Reivindicações
A categoria defende a diminuição da diferença salarial entre os inspetores e escrivães, que ganham o equivalente a 20% do salário dos delegados. De acordo com o Sinpol, o valor percentual ideal deveria girar em torno de 60%. Além disso, os profissionais pedem o aumento do efetivo e a proibição dos desvios de função.

De acordo com o Sindicato, as negociações aconteciam de forma coletiva com a Polícia Militar e a Perícia Forense, mas o Governo do Estado fechou a negociação apenas com a PM.

A Secretaria da Segurança Pública informou que, durante a paralisação, a categoria tem a obrigação legal de manter, pelo menos, 30% do efetivo atendendo às demandas da população. O diálogo com a categoria permanece aberto, e as solicitações estão sendo analisadas em conjunto com outras pastas do Governo, divulgou.

TAGS