PUBLICIDADE
Notícias

Legião da Boa Vontade comemora 39 anos com mutirão social

Serviços gratuitos de saúde, assistência jurídica e aulas artesanato foram oferecidos à comunidade

21:16 | 30/09/2016
NULL
NULL

As manhãs dos irmãos Pedro Filipe Sousa, 8, e Carlos Henrique Sousa, 11, moradores do bairro Vila Manoel Sátiro, são sempre preenchidas pelas aulas de futsal, karatê e flauta. Diariamente, no período oposto ao do turno escolar, eles vão ao Centro de Assistência Social da Legião da Boa Vontade (LBV) para participar das atividades. No dia de ontem, no entanto, a programação durante todo o dia foi ampliada em comemoração aos 39 anos da LBV.
[FOTO1]


Após a participação na aula de karatê, os irmãos puderam aplicar flúor e receberam kits de higiene bucal no “escovódromo” do Centro. “É um pouco difícil mas eu aprendi”, conta Pedro Filipe, ao ouvir a explicação sobre higiene bucal.


A organização ofereceu diversos serviços gratuitos à comunidade, como ginástica laboral, aula de zumba, aplicação de vacinas, aferição de pressão e testes de glicemia. Unidades Móveis da Defensoria Pública do Estado e do Procon Fortaleza estiveram no local para oferecer atendimento jurídico aos participantes.
[SAIBAMAIS]


Técnicos da Coelce realizaram oficinas sobre economia doméstica e orçamento familiar com os moradores. A comunidade também recebeu orientações sobre doação de sangue e medula óssea com profissionais do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Ceará (Hemoce).


“Nós desenvolvemos atividades socioassistenciais como aulas de esportes, artesanato, música e dança. Também oferecemos acompanhamento com assistentes sociais e psicólogos para a comunidade”, explica Dora Lavareda, gestora social do Centro.


Há três anos Luciene Gomes teve a oportunidade aumentar a renda da família a partir da venda de artesanato. “O que eu aprendo, coloco em prática e vendo. Todos os dias eu trago meus filhos para participar das atividades e faço as oficinas. Aqui é uma segunda casa”, considera. Na ocasião, a artesã participou de uma oficina de artes com garrafas PET oferecida pelo Serviço Social do Comércio (Sesc).


A unidade atende cerca de 400 famílias, entre crianças e adolescentes com idades de 6 a 15 anos, adultos e idosos de comunidades em situação de vulnerabilidade social, por meio dos programas Criança: Futuro no Presente, Vida Plena, e Programa Vivência Solidária.

TAGS