PUBLICIDADE
Notícias

Presos rompem grades de cela e fogem da Delegacia de Capturas e Polinter

O prédio está em reforma e possui cerca de 140 homens encarcerados

17:42 | 12/07/2016
NULL
NULL

Atualizada às 19h09min
Dois presos conseguiram fugir da Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), no bairro José Bonifácio, na tarde desta terça-feira, 12. O prédio está em reforma e possui cerca de 140 homens encarcerados. Os detentos teriam sido levados do Complexo de Delegacias Especializadas (Code), que está prestes a ser inaugurado, para a Decap até a inauguração do novo equipamento, de acordo com o Sindicato dos Policiais Civis de Carreira do Estado do Ceará (Sinpol).
[SAIBAMAIS2]
Para fugir, os detentos forçaram as grades até o rompimento da estrutura. Em seguida, eles tiveram acesso ao telhado de uma residência vizinha à Decap, de onde pularam para o estacionamento de um condomínio, localizado na rua Conselheiro Tristão. Os fugitivos mandaram o porteiro abrir o portão do prédio e deram seguimento a fuga.

[FOTO2]
Conforme operários que trabalhavam no local, por volta das 14h, os presos iniciaram um tumulto no local, com gritos pedindo água. Um problema na estrutura da unidade estaria afetando o abastecimento de água desde segunda-feira, 11.

A reforma na Decap estava prevista para terminar no próximo dia 30 de julho. Após a fuga e o rompimento na estrutura de uma das celas, as obras foram suspensas até a próxima segunda-feira, 18.

A Polícia Civil está realizando buscas para recapturar os dois presos que fugiram.

Veja por onde os presos fugiram; imagens também mostram reforma na unidade:

[VIDEO1]
Secretaria de segurança
Em nota, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) informou os presos que estão na Decap foram transferidos do Complexo de Delegacias Especializadas (Code) para que a nova unidade possa receber infratores das delegacias que passarão a funcionar no local.

"A Polícia ressalta que reuniões foram realizadas na Chefia do gabinete do governador com representantes da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS),

Secretaria da Justiça e Cidadania (Sejus) e representantes do Poder Judiciário e Ministério Público, visando a diminuição da população carcerária nas delegacias. Por fim, informa que já existe um cronograma de transferência de presos das delegacias de Fortaleza e Região Metropolitana para o Sistema Penitenciário do Estado", disse a SSPDS. 

Risco
Para a vice-presidente da Decap, a transferência de presos para a Decap coloca em risco os policiais que trabalham na unidade. "Não dá para entender, o Code vai ser inaugurado nesta semana, se não tinha para onde levar os presos, que esperasse a Decap ficar pronta, mas não quiseram adiar. Ocuparam os policiais com risco de fuga na Decap, sem estrutura adequada ainda", disse Ana Paula.

A sindicalista afirma que a reforma estava em fase de acabamento, mas não estaria apta para receber presos. "Na realidade, a obra estava mal feita. Os presos não tiveram muitas dificuldades. Não tinha a mínima condição de os presos permanecerem. Não tinha nem concreto nas paredes, só tijolos, era só balançar. A Polícia Civil está remando contra a maré", criticou Ana Paula.

Redação O POVO Online

TAGS