PUBLICIDADE
Notícias

Projetos do Ceará são selecionados em edital de preservação ambiental

Fundação SOS Mata Atlântica divulgou nesta quarta-feira, 15, os selecionados no certame de apoio a Unidades de Conservação Municipais

15:19 | 15/06/2016
NULL
NULL
Dois projetos de gestão ambiental do Ceará foram selecionados no edital de apoio a Unidades de Conservação Municipais (UCs) e serão financiados pela Fundação SOS Mata Atlântica. Áreas de Proteção Ambiental (APA) da Sabiaguaba, em Fortaleza, e do manguezal da Barra Grande, em Icapuí, são os alvos das propostas da Consultoria e Capacitação em Meio Ambiente (Coame) e da Aquasis. A lista com os selecionados foi divulgada nesta quarta-feira, 15.

O projeto da Coame vai desenvolver a educação ambiental nas comunidades nativas que vivem às margens do Rio Cocó, na Sabiaguaba. Segundo a presidente e diretora técnica da Coame, a geógrafa Judária Maia, 32 anos, a proposta é trabalhar com adultos, jovens e crianças e criar o sentimento de posse do local.

A geógrafa explica que a área onde será desenvolvida a proposta da Coame possui unidades de Mata Atlântica. O projeto abordará temas sobre o ecossistema da região, realizará oficinas e ensinará a comunidade como reaproveitar resíduos sólidos e cuidar do ambiente. "É um ecossistema muito diversificado, a área do manguezal é berço de espécies marinhas e de rio. Ali, animais chegam para se reproduzir. Há uma diversidade muito grande de fauna e flora. O projeto tem uma grande relevância uma vez que a gente tem toda essa diversidade", comentou Judária.

Projeto da Aquasi
A proposta realizada por biólogos da Aquasis visa desenvolver estudos dentro da APA do manguezal da Barra Grande, em Icapuí, sobre as aves migratórias que utilizam a região para descanso, refúgio e reprodução. O objetivo do levantamento é incluir limites e propor uma Zona de Vida Silvestre (ZVS). Há espécies ameaçadas no ecossistema, como o Maçarico do Papo Vermelho.

De acordo com a bióloga Gabriela Ramires, 30 anos, que participou do projeto, trata-se de uma área bastante frágil devido à especulações imobiliárias, empresas salineiras e fazendas de camarão que invadem o ambiente de descanso das aves. A ZVS proporcionará uma menor interferência sobre a APA do manguezal da Barra Grande.

"Esse edital específico direcionava projetos para regiões de Mata Atlântica ou de influência em áreas costeiras, por isso a nossa proposta se encaixou. É importante, pois vai conseguir barrar licenciamentos novos e antigos nesta área. É uma justificativa legal para maior proteção do abrigo dessas aves dentro da APA", relatou Gabriela.

SOS Mata Atlântica
A Fundação irá financiar 24 propostas selecionadas no edital de apoio a Unidades de Conservação Municipais, distribuídas em 11 dos 17 estados onde há extensão da Mata Atlântica. A iniciativa faz parte das comemorações dos 30 anos da ONG.

O edital sugeriu quatro linhas de propostas. Os projetos do Ceará se encaixam na "Linha 4", que são iniciativas que contribuem para a implementação da UCs de proteção integral e sustentável. De acordo com a Fundação, quase metade dos projetos recebidos foram para unidades de conservação em ambientes costeiros e marinhos.

“Isso reflete a importância que as UCs Municipais também têm para auxiliar o Brasil a atingir as suas metas de proteção do mar e da costa, ambientes hoje muito mal representados no conjunto de unidades de conservação brasileiras”, explica Diego Igawa Martinez, biólogo do programa Costa Atlântica da Fundação.

Os municípios da região Sudeste concentram a maior parte das propostas aprovadas, seguidos pelos das regiões Nordeste e Sul, incluindo 10 propostas focadas no ambiente costeiro-marinho e 14 em florestas interiores.
TAGS