PUBLICIDADE
Notícias

Cearense mobiliza funcionários de parque para fazer pedido de casamento em forma de cordel

O quixadaense Tiago foi o grande vencedor de um concurso e aproveitou para fazer um pedido surpresa para sua amada Veridiana

17:22 | 17/06/2016
NULL
NULL

Junho é o mês que marca os festejos juninos, uma data comemorativa que ainda reacende a esperança no coração daqueles que desejam encontrar um amor por meio de simpatias. Tudo vale quando o objetivo final é "arrumar um casório".

Há quem diga que virar um santo de cabeça para baixo ou gotejar com vela uma vasilha cheia de água e esperar o nome do(a) amado(a) se formar são táticas infalíveis para conseguir um amor neste período do ano.

Para o analista de qualidade, Tiago Alves, o que funcionou mesmo foi a criatividade. Ele ouviu um sonoro "SIM" quando pediu sua namorada, Veridiana Ferreira, em casamento após recitar um cordel que contava a história do casal. "Essa foi uma forma inusitada que encontrei de vencer o concurso do Dia dos Namorados, organizado pelo Engenhoca Parque no dia 12 de junho. Eu precisava me destacar de alguma forma", explicou o analista.

A história em cordel foi a grande vencedora da ação "Amar é uma Aventura", promovida pela "Comissão do Amor" do Engenhoca, no município de Aquiraz, a cerca de 32 km de Fortaleza. Segundo a diretora de Marketing do parque, Luciana Targino, cerca de 50 casais escreveram cartas contando suas histórias a fim de ter um dia de diversão e participar de todas as atividades proporcionadas pelo complexo ecoeducativo, "mas a que mais nos tocou de verdade foi o cordel de Tiago", confessou.

Tudo saiu como planejado! O cearense, natural de Quixadá, mobilizou os funcionários do parque e pediu para que seu cordel fosse escutado por todos que estavam presentes naquele dia. Por volta de 13h30 da tarde, o som ambiente foi pausado e, logo em seguida, a voz de Tiago ecoou pelas dependências do Engenhoca. “Vou contar minha história de menino apaixonado/Nascido no sertão central eu era tímido e calado...”, anunciava o som ambiente.

Declaração de amor feita. Agora era a vez do futuro noivo se declarar a sua amada e pedi-la em casamento. A recepcionista Veridiana, que não sabia do pedido, ficou surpresa ao escutar a voz do namorado transmitida pelo som do parque. “Eu não esperava pela gravação e nem pelo pedido, foi uma surpresa,a sensação foi ótima. Pensei que estava aqui apenas para curtir o prêmio do Dia dos Namorados que ganhamos do parque”, declarou.
[FOTO2]
Amor de infância
Os dois se conheceram quando ainda eram crianças.“A minha irmã é casada com o irmão dele”, justificou de prontidão Veridiana. Brincaram e partilharam vários meses de férias juntos. Ela sempre morou em Aquiraz;ele, em Quixadá. No entanto, Tiago tinha o hábito de viajar com os irmãos a Aquiraz e sempre passavaboa parte do tempo com Veridiana.

Acabavam as férias e a distância aumentava. Com o passar do tempo, ambos cresceram, e o destino traçou caminhos diferentes para cada um. “Eu fui crescendo e a distância também era longa, e isso fez com que nos separássemos”, contou Tiago. Mas, em 2009, ele retornou novamente a Aquiraz e, dessa vez, para morar no município e procurar emprego.

O amor sempre foi antigo, mas o namoro firme começou apenas em 2012. De lá para cá, o casal não se separou mais. Quando questionados sobre os planos para o futuro, Tiago respondeu: “São quatro anos de namoro mesmo, e vai dar tudo certo com fé em Deus”. “E com muito amor”, finalizou Veridiana.

Confira o cordel que Tiago recitou para pedir sua namorada em casamento:

Vou contar minha história de um menino apaixonado
Nascido no sertão central eu era tímido e calado
Natural de Quixadá, nunca tive muita riqueza
Mas existia um amor no peito e disso eu tinha certeza

Curtindo as minhas férias, não sabia o que fazer
Meu irmão lá em casa e disse Tiago tenho um convite pra você
A viagem é muito longa peça logo aos nossos pais
Amanhã saímos cedinho com destino a Aquiraz

Ao chegar nesta terra fiquei muito admirado
Porém um pouco acanhado, sem saber o que saber
No dia seguinte de longe eu avistei
Aquela menina bonita por quem eu me apaixonei

Falei só comigo mesmo vamos brincar sem intenção
Para a minha felicidade demos início a uma amizade
De amor no coração

Brincávamos sem se cansar pega-pega, esconde-esconde,
Jogo da velha, carrinho de mão, bola de gude e pião
De mocinhos e cawboys até de super-heróis que a gente via na televisão
Com o passar dos anos o destino nos separou foi ai onde tudo mudou

Cada um seguiu um rumo um destino diferente
Apesar de tanta distancia, Deus não desuniu a gente
Um certo dia avistei aquela menina que tanto amei ali em minha frente
Estava grande, bonita e irreverente fiquei logo abismado
Será que estou sonhando acordado?

Voltamos a conversar papo aqui papo aculá
Começamos a namorar, o amor que estava guardado voltou a transbordar
Há quatro anos estamos namorando, com um forte sentimento
Já estamos refletindo sobre nosso casamento
Foram quatro anos legais, foram quatro anos bacana
O meu amor só tem um nome que se chama VERIDIANA.

TAGS