PUBLICIDADE
Notícias

Cearense bate recorde nacional de concerto de piano mais longo

A preparação foi intensa, com dieta balanceada e estratégias para diminuir a quantidade de líquidos. Ele não se levantou nenhuma vez durante o concerto

20:51 | 14/06/2016
NULL
NULL
O pianista cearense Felipe Adjafre, 34 anos, conseguiu quebrar o recorde nacional de concerto de piano mais longo da história, no último sábado, 11, no shopping Riomar, em Fortaleza. Tocando 13 horas consecutivas, ele superou o antigo recorde de 12 horas do curitibano Cláudio Maksoud. Agora, o músico aguarda validação do Rank Brasil.

Felipe enviará à entidade responsável pela catalogação de feitos no território nacional documentos que comprovem o recorde, como vídeos, assinatura de espectadores e cronômetro. A preparação foi intensa, com dieta balanceada e estratégias para diminuir a quantidade de líquidos.

"Não teve parada, foram 13 horas sem se levantar, embora o Rank Brasil tivesse dado carta branca para tocar algumas músicas em pé. Eu vi que estava dando para aguentar e quis dificultar o novo recorde", contou ao O POVO Online.

Segundo o pianista cearense, que começou a estudar música aos 9 anos de idade, o recorde foi uma forma encontrada de popularizar o piano no Estado e desmistificar a ideia "erudita" do instrumento. "Desde que eu comecei, eu via a dificuldade de acesso desse instrumento. Sempre tentei criar projetos para colocar o piano em evidência", afirma.

Em 2013, Felipe gravou um CD com a participação de cantores como Ítalo e Reno, Waldonys e Nonato Luiz. "Queria agregar a ideia de que o piano vai desde o clássico até o forró. Quis mostrar todas essas vertentes. O recorde não teve a intenção de desbancar ninguém nem de querer ser o melhor, mas foi uma forma de atrair os olhares para o piano", explica.

O momento mais difícil do concerto, conforme o pianista, foi por volta das 21 horas, quando o corpo sentiu mais o cansaço. "Foi ficando um pouco entediante, mas, a partir das 22 horas, eu renovei minhas energias com o pessoal que acompanhava. Fiquei super contente, teve gente que chegou de manhã e ficou até último minuto. Na reta final, o shopping ficou lotado", comemorou.

Confira o vídeo do momento em que Felipe bateu o recorde no shopping em Fortaleza:
[VIDEO1]
Projetos
No dia seguinte ao recorde, Felipe ainda participou de três eventos tocando piano. "Graças a Deus deu tudo certo. Eu fiquei surpreso com o preparo, além do físico contou muito a questão do psicológico". O pianista agora busca gravar clipes e DVDs.

Ele começou a tocar teclado aos 9 anos e tornou-se profissional aos 14. Quando tinha 20 anos, iniciou os estudos de piano e lançou o primeiro CD.
TAGS