PUBLICIDADE
Notícias

Taxistas fazem carreata para protestar contra Uber

Os taxistas querem pressionar os vereadores na Câmara para aprovarem Projeto de Lei que eleva multa para quem faz transporte clandestino

06:48 | 11/05/2016
NULL
NULL

Atualizada às 11h50min

O Sindicato dos Taxistas está desde às 11h na Câmara Municipal e foi escolhida uma comissão com 30 taxistas para reunião com o prefeito Roberto Cláudio, às 14h, no Paço Municipal. A expectativa é discutir a fiscalização dos ''táxis pirata''.

 

Atualizada às 8h05min

Os motoristas de táxi fazem uma carreata em Fortaleza, na manhã desta quarta-feira, 11, para protestar contra o serviço de carona particular da empresa Uber, implantado na capital no último dia 29 de abril. A concentração foi iniciada às 6 horas na avenida Leste Oeste, e o comboio deve passar pelas avenidas Monsenhor Tabosa, Desembargador Moreira, Dom Luís, Santos Dumont e Rogaciano Leite até a Câmara Municipal, na rua Thompson Bulcão.

Segundo Vicente de Paula, presidente do Sindicato dos Taxistas (Sinditaxi), o serviço prestado pela Uber é ilegal e, por isso, os taxistas têm o objetivo de pressionar os vereadores na Câmara para que seja aprovado Projeto de Lei que eleva multa para quem for flagrado fazendo transporte clandestino. Eles também reivindicam maior fiscalização dos ''táxis pirata''.

Expedito Costa, 51 anos, trabalha como taxista há 32 anos e foi ao protesto para tentar barrar o aplicativo da Uber. "Eu não concordo, a forma que tá sendo feita é ilegal. É uma manifestação justa, nós estamos atrás dos nossos direitos", afirma.

[FOTO3]

[SAIBAMAIS 1]Por volta das 6h30min, pouco mais de dez taxistas já ocupavam a faixa de ônibus da Leste Oeste, em frente à igreja Santa Edwiges, obrigando os coletivos a parar na faixa dos carros. Às 8 horas, 50 carros já estavam concentrados na Leste Oeste e ocupavam duas faixas da avenida.

O trânsito começou a ficar complicado nas vias do entorno, e uma equipe da Autarquia de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) foi acionada. A orientação era para os taxistas não utilizarem a faixa exclusiva de ônibus.

Durante a noite da última terça-feira, 10, cerca de 250 taxistas protestaram contra a Uber em uma carreata que saiu da avenida Leste Oeste até o aeroporto Pinto Martins. Apesar de não ter sido organizado pelo Sinditaxi, Vicente disse que o ato foi legítimo.

[FOTO2] 

Trajeto

A carreta começou na Leste Oeste e passará pelos pontos: avenida Monsenhor Tabosa, Desembargador Moreira, Praça Portugal, Dom Luís, rua Oswaldo Cruz, avenida Santos Dumont, avenida Virgílio Távora, Parque do Cocó e Rogaciano Leite. 

 

Redação O POVO Online
TAGS