PUBLICIDADE
Notícias

Chega a 97 o número de casos de microcefalia no Ceará

O Ceará é o 6º Estado do País com maior número de casos confirmados

18:11 | 18/05/2016
Em boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (Sesa), o número de casos confirmados de microcefalia (e outras alterações do sistema nervoso, sugestivos de infecção congênita) subiu para 97 no Ceará. No último boletim, divulgado há uma semana, esse número era de 90.

Ao todo, já foram registrados 481 casos desde outubro de 2015, quando os casos começaram a ser contabilizados. Há uma semana, esse número era de 456. Dos 481 computados, 220 estão em investigação e 164 tiveram diagnóstico de microcefalia descartado, além dos 97 confirmados.

Dos 481 casos computados, foram registados 28 óbitos em bebês com má formação craniana. Desses, 16 óbitos ocorreram em decorrência de microcefalia ou alteração do sistema nervoso central após o parto ou durante a gestação. Outras 12 mortes estão em investigação.

Nos 16 óbitos relacionados à microcefalia, em nove houve identificação do zika vírus em tecido fetal.

O município que registrou maior número dos 28 óbitos foi Fortaleza. A Capital computou dez mortes notificadas. Canindé apresentou dois óbitos enquanto os municípios de Acarape, Campos Sales, Cascavel, Crateús, Iguatu, Ipaumirim, Jucás, Maracanaú, Morrinhos, Pacajus, Quixeramobim, Russas, Tejuçuoca e Tururu tiveram uma morte cada.

No Brasil

Desde que as investigações no Brasil começaram (outubro de 2015), foram notificados 7.534 casos suspeitos. Desses 1.384 casos foram confirmados no País. 1.233 dos registros confirmados (89%) ocorreram no Nordeste.

O Ceará é o 6º Estado do País com maior número de casos confirmados (97). Pernambuco é o estado que lidera o número de casos confirmados com 354.

Em relação aos casos suspeitos, o Ceará ocupa a 4ª posição (481). Pernambuco também lidera esse quesito com 1.947 casos.
TAGS