PUBLICIDADE
Notícias

Apeoc publica nota oficial sobre suspensão de greve

Após a notificação, professores pretendem recorrer de todas as decisões que entendam que a movimento grevista é ilegal

18:42 | 09/05/2016
O Sindicato dos Professores e Servidores da Educação e Cultura do Estado e Municípios do Ceará (Apeoc) divulgou nesta segunda-feira, 9, nota oficial sobre a decisão do desembargador Durval Aires Filho, do Tribunal de Justiça do Estado do Ceará (TJ-CE), que determina a suspensão da greve e o retorno das atividades nas escolas públicas do Ceará. No documento publicado no site da Apeoc, o órgão afirma que ainda não foi notificado pela Justiça do Ceará a respeito da decisão. 
 
O presidente do Sindicato, Anízio Neto, informou na nota que tomou conhecimento da suspensão na última sexta-feira, 6, mas apenas por meio da imprensa. De acordo com a decisão, o retorno ao trabalho deverá ocorrer 72 horas após a notificação, sob pena de multa de R$ 3 mil por dia de descumprimento. 

[SAIBAMAIS1]Em nota, a instituição informa que "considera o movimento grevista legal e legítimo, por ser resultado de uma insatisfação geral da comunidade escolar em relação às más condições de ensino-aprendizagem, problemas de estrutura nas escolas, demora na liberação de processos funcionais e, principalmente, ao atraso no pagamento do reajuste geral dos servidores desde o dia 1° de janeiro, data-base da categoria, e por ter tomado todo o cuidado na obediência dos trâmites legais exigidos".  

Após a notificação, professores pretendem recorrer de todas as decisões que entendam que a movimento grevista é ilegal. O Sindicato Apeoc afirma que a agenda de mobilização da greve está mantida, com a realização de um ato com profissionais da Rede Estadual de Ensino nesta quarta-feira, 11, na Secretaria da Educação do Estado. 

Redação O POVO Online
TAGS