PUBLICIDADE
Notícias

Polícia flagra segunda festa imprópria para adolescentes em menos de um mês

Há menos de um mês, mais precisamente no dia 5 de março, uma festa intitulada "Orgia Fest 1.0" na Barra do Ceará, com as mesmas características, também foi desmanchada pela Polícia

23:15 | 04/04/2016
NULL
NULL

Mais uma festa destinada a adolescentes regada a drogas, bebidas alcoólicas e incitação sexual foi encerrada no domingo, 3, no bairro Maraponga, por policiais da Delegacia de Combate à Exploração da Criança e do Adolescente (Dececa), que contou com o apoio do Juizado da Infância e da Juventude.

Garrafas de cerveja, whisky, champagne, vodka e quantidades de maconha e cigarro foram apreendidas pelos policiais. O caso foi registrado na Dececa pela delegada Ivana Timbó, titular da delegacia.

Há menos de um mês, mais precisamente no dia 5 de março, uma festa intitulada “Orgia Fest 1.0” na Barra do Ceará, com as mesmas características, também foi desmanchada pela Polícia.

Nesta operação, foram presos Jhonnata Lincoln Pociano de Sousa, de 21 anos, e Lindenberg Cesar de Lima, 23, apontados como organizadores e patrocinadores da festa. Ambos sem antecedentes criminais e foram presos em flagrante com base no Artigo 243 do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).

Divulgado como “farra para menores” pelos organizadores, a "Festa Social Prime", assim intitulada, tinha como público-alvo 500 adolescentes entre 12 e 16 anos de idade, que teriam fácil acesso a bebidas alcoólicas, drogas e às práticas sexuais. Para participar, os meninos deveriam desembolsar a quantia de R$ 20 e para as meninas, o acesso era livre.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os pais dos adolescentes foram contatados pelos representantes do Juizado. O imóvel usado para a atividade ilícita é destinado ao aluguel de eventos. O proprietário disse desconhecer o objetivo do evento.

Versão dos acusados

Ao serem encaminhados à Dececa, os dois homens disseram que a festa, organizada pelas redes sociais, seria em comemoração ao aniversário de um adolescente. Dois adolescentes também foram intimados a prestar depoimento.

Na festa, a Polícia encontrou uma menor de 16 anos desmaiada. Há a suspeita que ela tenha passado mal após ingerir elevada quantidade de álcool. Conforme a SSPDS informou, a adolescente foi encaminhada a uma unidade hospitalar para receber atendimento médico.

Redação O POVO Online

TAGS