PUBLICIDADE
Notícias

Caixa eletrônico é arrombado no Centro de Fortaleza

Foi o 13º ataque contra banco ocorrido neste ano, em 2016. Além disso, foi a segunda ação registrada em pouco mais de 24 horas

08:41 | 08/04/2016

Um caixa eletrônico do Banco do Brasil, localizado dentro da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab),  foi arrombado durante a madrugada, na rua Antônio Pompeu, no Centro de Fortaleza. A ação foi registrada às 4 horas da manhã, e a quantia levada não foi informada pela Polícia Militar. Foi o 13º ataque contra banco ocorrido neste ano, em 2016.

Segundo o tenente-coronel Teófilo Gomes, comandante da 1ª Cia. do 5º Batalhão de Polícia Militar (BPM), os suspeitos entraram no local e renderam o vigilante. "Ninguém sabe como eles conseguiram entrar, está sendo investigado porque tudo lá é fechado", explicou.

O caso está sendo investigado na Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), e até o momento ninguém foi preso. O delegado Raphael Vilarinho, titular da DRF, explicou que o vigilante deve prestar depoimento nesta manhã. "De concreto nós temos que eles usaram um maçarico para arrombar, e o dinheiro foi levado".

[SAIBAMAIS 2] Villarinho afirma que o ataque foi realizado por um grupo formado por cerca de cinco homens, mas a Polícia Civil ainda não sabe se eles portavam armas de fogo. "O caixa estava dentro desse órgão federal. Tudo ainda está sendo averiguado", completou.

Essa também foi a segunda ação contra banco registrado no Estado em pouco mais de 24 horas. Na madrugada de quinta-feira, 7, uma agência do Banco do Brasil de Morrinhos foi atacada por um grupo fortemente armado com fuzis e escopetas. Os criminosos detonaram explosivos, mas não conseguiram levar o dinheiro.

No último dia 4 de abril, uma quadrilha composta por cerca de 20 pessoas ocupou diversos pontos de Orós e atacou uma agência bancária. Em março, uma agência do Bradesco foi atacada em Ibaretama.

Além disso, o Sindicato dos Bancários do Ceará registrou uma ''saidinha bancária'' na avenida José Bastos, no último dia 29 de março. Uma dupla armada levou R$ 1.600 de um sargento da PM.

TAGS