PUBLICIDADE
Notícias

Preso que ordenou execução gravada é transferido para presídio federal em Rondônia

De dentro de penitenciária no Ceará, o acusado mandou matar Israel Fidelis de Holanda, que teve a execução filmada e divulgada nas redes sociais

17:54 | 09/03/2016
NULL
NULL

O detento Francisco Robério Ferreira Martins, que estava preso na Unidade Prisional Agente Luciano Andrade Lima, em Itaitinga (CE), foi transferido para o presídio federal de Porto Velho (RO), nesta quarta-feira, 9. "Roberinho Pantanal", como é conhecido, é acusado de ter ordenado, de dentro da penitenciária no Ceará, o assassinato de Israel Fidelis de Holanda no bairro Mondubim, que teve a execução filmada e divulgada nas redes sociais, em outubro de 2015.

A transferência de Robério foi confirmada pela Secretaria da Justiça e Cidadania do Estado (Sejus). Segundo o órgão, agentes do Grupo de Apoio Penitenciário (GAP) escoltaram o detento até o Aeroporto Internacional Pino Martins, onde foi entregue a policiais federais.

Robério Martins responde a crimes de homicídio, tráfico de drogas e porte ilegal de arma. O acusado está preso desde agosto de 2015.

Execução gravada em vídeo
Israel Fidelis de Holanda foi algemado e assassinado a tiros na avenida Bernardo Manuel, no bairro Mondubim, no dia 30 de outubro de 2015. Gravada em vídeo, a execução circulou nas redes sociais.

As imagens da execução mostram um homem chutando Israel e outro ordenando que ele se deite. Um dos suspeitos diz: “não é pra bater, não. É para matar”. Aos prantos, a vítima se vira, sendo atingida com pelo menos seis tiros. Durante os disparos, o mesmo homem que disse “para matar” orienta o atirador: “na cabeça, mah (sic), na cabeça”.

 

Redação O POVO Online

TAGS