PUBLICIDADE
Notícias

Preço do tomate pode variar até 143% em Fortaleza

Preço médio de todos os produtos pesquisados subiu 25,07%, em comparação ao mesmo período do ano passado

17:07 | 29/03/2016
NULL
NULL
Pela terceira vez consecutiva, o tomate é o produto que apresenta a maior variação de preços nos supermercados, conforme pesquisa divulgada pelo Departamento Municipal de Proteção e Defesa dos Direitos do Consumidor (Procon) de Fortaleza, nesta terça-feira, 29.

A pesquisa de preços de alimentos e produtos foi feita em 10 estabelecimentos, no último dia 21 de março, e constatou que o quilo do tomate tem preços que variam até 143,27% na Capital cearense.

O fruto pode ser encontrado no supermercado mais barato por R$ 3,49 (G. Barbosa do Joaquim Távora) e no mais caro por R$ 8,49 (Carrefour Maraponga). A pesquisa, portanto, é a base da economia.
[SAIBAMAIS 4]
A cebola pêra é o segundo item com maior variação (115,11%) registrada. O quilo do produto é vendido a R$ 2,78 no supermercado mais barato (Cometa do bairro José Walter), ao mesmo tempo em que pode custar R$ 5,98 no supermercado mais caro (Hiperbompreço do Alagadiço).

A cenoura é o terceiro alimento com maior variação 84,97%. O quilo da cenoura é oferecido a preços que variam de R$ 4,59 (Super Lagoa do Centro) a R$ 8,49 (Extra Água Fria).
 
O quilo do arroz já apresentou a menor variação entre os alimentos pesquisados, indo de R$ 2,69 a R$ 2,79, o que confere uma diferença de apenas 3,72%.

O órgão ainda comparou o preço médio de todos os produtos com o mesmo período do ano passado e constatou uma elevação de 25,07%. Há um ano, a soma de todos os alimentos e produtos pesquisados somava R$ 117,76, enquanto que agora, o consumidor deve desembolsar R$ 147,28 para adquirir os mesmo itens.

Ao todo, de acordo com o Procon, 33 produtos aumentaram seu preço médio, enquanto que 14 sofreram redução.

Confira a pesquisa completa, que inclui produtos de higiene e limpeza.

Prazo de validade

O Procon também alerta para a oferta de produtos promocionais. É importante verificar se não estão próximos do vencimento. Supermercados flagrados com venda de produtos vencidos podem pagar multa de até R$ 11 milhões.


Maiores variações
Tomate - 143,27% (R$ 3,49 a R$ 8,49)
Cebola - 115,11% (R$ 2,78 a R$ 5,98)
Cenoura - 84,97% (R$ 4,59 a R$ 8,49)
Laranja - 69,64% (R$ 1,68 a R$ 2,85)
Coentro - 63,27% (R$ 0,98 a R$ 1,60)


Redação O POVO Online
TAGS