PUBLICIDADE
Notícias

Grito Rock Fortaleza completa nove edições neste ano

Com foco na prática da construção coletiva, o festival conecta diversas comunidades na Região Metropolitana da grande Fortaleza

22:34 | 29/03/2016
NULL
NULL

A Capital do Ceará recebe a 9ª edição do Grito Rock Fortaleza, dos dias 26 deste mês ao dia 10 do próximo.

Com foco na prática da construção coletiva, o festival conecta diversas comunidades na Região Metropolitana da grande Fortaleza, no aumento de uma rede colaborativa que venha contribuir para a circulação de múltiplos produtos culturais da Capital cearense, interior do Ceará e Região Nordeste.

Neste ano, o evento diminuiu sua programação, tendo em vista que a edição do ano passado teve mais de 20 dias com oficinas, encontros, intervenções e performances musicais.

“O festival torna-se mundialmente conhecido e atinge a marca de 14 edições, conectando o Brasil e o Mundo com as obras de um dos maiores artistas da América Latina, o argentino León Ferrari, responsável também por trabalhar o conceito de intolerância ao utilizar temas polêmicos e atuais”, diz a assessoria do Grito Rock Fortaleza.

Com um pacote de 8 oficinas, 4 rodas de conversa, 2 cineClubes e 33 bandas, o festival traz uma programação diversa e conta com atividades culturais e ações formativas, disponibilizando alternativas de diversão e formação da cidade.

Em Fortaleza, o evento é uma realização da Casa Fora do Eixo Nordeste, Prodisc - Produtores de Cultura do Ceará, Movimento Ocupa, CasaUm e Mocker Studio com o apoio do Fora do Eixo Card, TNB - Toque no Brasil, Espaço Eita, ORL - Organização Resistência Libertária, Sabacu da Arte no Sistema, MKL Produções e Eventos, Inspirado Produções Artísticas, Salamandra Design e UniFor e com a parceria da Rede Cuca, Coordenadoria de Juventude, Centro Cultural Bom Jardim, Centro Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Programação 9ª edição do Grito Rock Fortaleza

De acordo com a assessoria de comunicação do evento, o festival conta com a participação de 33 bandas como, Reassônica, Junkie Warrior, Kalia, Rap com Zica RDM, Cuspe nos Olhos, Não tem cão que aguente, Radix, Dj Lorenzo, Coletivo Maloqueria, Projeto Início, Projeto MoveMente o Reggae, Nego Gallo e She Loves, contando também com 14 selecionadas via TNB - Toque no Brasil, são elas: Projeto Zoada, Adelrui, Mugshot, Tripulantes da Sabiabarca, Capotes Pretos na Terra Marfim, Filipe Flakes e os Subversos Coletivo, Forria, GhettoRoots, Soulzen, Holy Beer, Nuverse, The Good Gardem, Ernany RVM e Andrezão GDS. Completando a programação com as oficinas de Fotografia, Técnicas e estratégias de divulgação para artistas independentes com Igor Miná e Alinne Rodrigues (Mocker Rock School) e oficina Viver Maracatu com Baticum.

A programação iniciou no sábado, 26, com o Grito Rock de Calçada no bairro do Pirambu, o festival seguirá visitando os espaços como os Cucas - Jangurussu, Barra e Mondubim que receberá oficinas e apresentações musicais, além da Praia da Sabiaguaba, Comunidade do Dendê e os Centros Culturais Bom Jardim e Dragão do Mar de Arte e Cultura.

Campanhas Grito Rock Fortaleza

Conheça as ações do festival que tem como objetivo “potencializar os eventos em cada cidade e oferecer aos produtores um material de suporte para a ampliação e qualificação dos festivais por meio de cartilhas, ideias, tutoriais e ferramentas”.

Cobertura Colaborativa
É um exercício de produção multimídia onde várias pessoas de diferentes áreas do conhecimento se unem para cobrir um evento coletivamente. São diversos os pontos de vista para um mesmo evento, o que possibilita uma abordagem plural e a diversidade de linguagem, opinião e formato. O meio utilizado para veicular as informações são prioritariamente as redes digitais, valendo-se de vários veículos como blogs, sites e redes sociais.

Grito Gurizada
Buscando a construção de espaços de formação, para crianças e adolescentes, inspirados nos princípios de liberdade e nos ideais de solidariedade humana, como contribuição ao desenvolvimento da sociedade do novo mundo, o Grito Rock lançou a Campanha Gurizada. A Campanha propõe agregar atividades com foco em crianças e adolescentes durante o Grito Rock deste ano.

Grito Hip Hop
A primeira edição do Grito Hip Hop aconteceu na Capital cearense em 2013, e desde então a programação é umas das figurinhas confirmadas no evento. A proposta vem somar ao festival trazendo o melhor da cultura Hip Hop, visando assim estimular e divulgar a produção rap, criando uma maior interação com diversas linguagens musicais.

Grito Reggae
A proposta é estimular e envolver a linguagem do reggae.

Grito Verde
Pensando no bem social e ambiental, a campanha Grito Verde visa contribuir com os produtores na realização de ações que gerem práticas sustentáveis e de conscientização. Resíduos, alimentação, transporte alternativo e outras sugestões pra construção de um festival com baixo impacto ambiental.

Monte seu Campus
Com intensa circulação de pessoas e artistas, o Grito Rock se transforma em um ambiente de livre circulação de conhecimento. A ideia é dar potências às ações formativas do seu festival. O campus de um festival também não é apenas a programação de debates e oficinas. Pelo contrário, ele envolve diversos aspectos do evento, desde o atendimento, passando pelos debates de reflexão, bate-papos, etc.

Serviço

Grito Rock Fortaleza 2016

Data: 26 de Março, a 10 de Abril
Evento no Facebook: http://bit.ly/1MEf9Nv
Contato: [email protected]
Página no Facebook: https://www.facebook.com/gritorockfortaleza2014
Site: www.gritorock.org 

                                                                          Redação O POVO Online

TAGS