PUBLICIDADE
Notícias

"Corrupção é um crime racional no Brasil", analisa procurador da República no Ceará

As medidas reúnem 20 propostas que visam aprimorar a legislação brasileira de combate à corrupção. O documento conta com mais de 2 milhões de assinaturas

13:44 | 29/03/2016

O Ministério Público Federal (MPF) entrega, na tarde desta terça-feira, 29, Projeto de Lei de iniciativa popular com dez medidas de combate à corrupção no Brasil. Alessander Sales, procurador da República no Ceará, analisou a importância dessa entrega durante participação no programa "O POVO no Rádio", da Rádio O POVO CBN.

“Durante quatro anos, membros do MPF se debruçaram sobre melhorias no modelo de combate à corrupção para o Brasil. Estudamos medidas aplicadas em outros países, fomos atrás de especialistas”, relata. O documento contou com apoio de mais de 2 milhões de assinaturas no País.

As medidas reúnem 20 propostas que visam aprimorar a legislação brasileira de combate à corrupção. “Precisávamos de um milhão e meio de assinaturas, conseguimos 2 milhões. Engajamos a sociedade brasileira, que entendeu que são medidas boas, que aperfeiçoam o combate a corrupção no Brasil".

Segundo Alessander, o pacote trará muito mais rigidez à legislação. "A corrupção é um crime racional no Brasil, hoje o benefício é muito grande. A ONU estima que, por ano, milhões de reais sejam desviados pela corrupção. O As penas são pequenas, e a impunidade é muito grande", explica.

%2b Ouça a entrevista com o procurador Alessander Sales

Redação O POVO Online
TAGS