PUBLICIDADE
Notícias

Cabo do Exército morre baleado em assalto

José Edvan de Carvalho deixava convites para chá de panela do próprio casamento quando foi abordado

21:24 | 28/03/2016
O cabo do Exército José Edvan Melo de Carvalho Júnior, 24, morreu ao ser atingido por um tiro durante tentativa de assalto no bairro Messejana na tarde do último sábado, 26. O cabo, que se casaria no próximo mês de junho, tinha ido ao bairro com a noiva, Amanda Katielly Medeiros, entregar convites do chá de panela do casal.
Os dois estavam na calçada quando foram abordados por dois homens em uma motocicleta.

A dupla pediu o carro das vítimas. De acordo com a Polícia, Júnior Carvalho — como era mais conhecido o cabo — e a noiva não reagiram ao assalto. Uma pessoa que estava no local no momento do assalto atirou para cima e um dos assaltantes disparou contra a barriga do cabo. A dupla fugiu sem levar nada do casal.
[SAIBAMAIS2]
Edvan, que também era estudante de Engenharia Ambiental e estava lotado no 23º Batalhão de Caçadores, foi encaminhado ainda com vida para o Hospital Distrital Edmilson Barros de Oliveira (Frotinha de Messejana), onde passou por uma cirurgia para retirada da bala, mas não resistiu aos ferimentos.

A noiva não se feriu no assalto, mas ficou em estado de choque com a morte de José Edvan. O sepultamento do cabo ocorreu na tarde do último domingo, 27, no Cemitério Jardim Metropolitano, no Eusébio.

Casais são suspeitos

De acordo com nota da Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), os responsáveis pelo assalto não tinham sido encontrados até o fechamento desta matéria. O caso está sendo investigado pelo 6º Distrito Policial — delegacia da área onde ocorreu o crime.

Na nota, a SSPDS afirmou ainda que as investigações sobre o crime prosseguem, com informações de que um homem e uma mulher estariam envolvidos. Dois casais de assaltantes são suspeitos no caso e imagens de câmeras de segurança que flagram os suspeitos em outro delito são analisadas. (colaborou Cinthia Freitas)
TAGS