PUBLICIDADE
Notícias

Adolescente suspeito de latrocínio de juiz aposentado é apreendido

Jovem de 16 anos foi apreendido na manhã desta segunda-feira em tentativa de roubo de carro

15:46 | 21/03/2016
NULL
NULL

Suspeito de participar do latrocínio do juíz aposentado Edvalson Florêncio Marques Batista, um adolescente de 16 anos foi apreendido na manhã desta segunda-feira, 21, após participar de um outro roubo na Capital.

Segundo agentes do 15º DP, o jovem confessou ter sido ele o autor do disparo que matou o juíz aposentado, em crime ocorrido no último dia 8.

Outros dois adolescentes de 16 e 17 anos também foram apreendidos, assim como um homem de 25 anos identificado como Atalíbio da Silva Oliveira. O adulto estava na delegacia sendo autuado em flagrante por roubo e receptação, pelo delegado Élio Marques.

De acordo com o inspetor de Polícia Civil, Jefferson Lemos, a equipe do 15º DP, na Cidade 2000, recebeu a informação que o grupo havia roubado um automóvel no Papicu. "A gente saiu atrás e por coincidência esbarramos com eles de frente. Houve perseguição, eles bateram o carro e fizemos a abordagem", comenta o inspetor.

Perseguidos pela Polícia, o grupo guiou o veículo por alguns quarteirões na contramão até colidir no cruzamento das ruas Almeida Prado com Joaquim Lima, na Cidade 2000. Além do carro, foi recuperada uma bolsa que se encontrava no interior do automóvel.

Os jovens apreendidos serão encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA).

Esse é o segundo jovem apreendido suspeito de participação na morte do juiz aposentado. Um jovem de 17 anos, que já tinha passagens pela Polícia, foi detido um dia após o crime, quando se encontrava em casa, na comunidade do "Pau Finim", no bairro Papicu.

 

O crime

O juiz aposentado Edvalson Florêncio Marques Batista, 77 anos, foi morto com um tiro na virilha durante assalto na Praça Engenheiro Pedro Felipe Borges (Praça Oficina do Senhor), localizada na rua Bento Albuquerque, no bairro Cocó, por volta das 17h40min desta terça-feira, 8. Um adolescente suspeito de participação no crime foi detido.

De acordo com a Polícia Militar (PM), a vítima foi abordada por dois adolescentes armados, quando fazia uma caminhada com a esposa na praça. Após reagir à ação criminosa, ele foi atingido por um disparo de arma de fogo.

A vítima morreu no local segurando o celular. Os adolescentes levaram o colar da esposa de Edvalson, mas não subtraíram nada do juiz. Após o crime, os dois jovens fugiram a pé em direção à comunidade do "Pau Fininho".

 

 

TAGS