PUBLICIDADE
Notícias

Suspeito da morte de PM teria cometido latrocínio contra idoso, diz SSPDS

17:46 | 12/02/2016
O suspeito de ter o matado policial militar Augusto Herbert Rabelo Félix, de 27 anos, também é apontado como o autor do latrocínio (roubo seguido de morte) contra idoso de 83 anos minutos após o crime que vitimou o soldado. A informação é da Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). Os casos aconteceram na manhã desta sexta-feira, 12 e a Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) trabalha com a ligação entre os dois crimes.

Conforme a SSPDS, os casos tiveram uma diferença de minutos. O suspeito estava em uma motocicleta e atacou o policial militar do Batalhão de Rondas e Ações Intensivas e Ostensivas (BPraio), que reagiu a ação e matou Bruno de Barros, no entanto, o outro suspeito teria desferido um tiro nas costas, um no braço e depois do PM ter caído ainda o atingiu com cinco tiros no rosto, em seguida fugiu.

A investigação da DHPP aponta que na fuga o suspeito parou em um mercadinho na Rua Professor Maria Clara, no bairro Jardim Iracema e anunciou um assalto contra um idoso, pai da proprietária do comércio.

Conforme a SSPDS, o assaltante empurrou o idoso, que não caiu, então, o criminoso teria atirado no pescoço da vítima, que morreu no local. Conforme a SSPDS, a rota de fuga do suspeito que mora entre o Jardim Iracema e a Barra do Ceará inseria a rua onde aconteceu o latrocínio e as características do suspeito são as mesmas do homem que matou o PM.
TAGS