PUBLICIDADE
Notícias

Fortaleza amanhece com chuvas e semáforos apagados nesta quinta-feira

As chuvas de pré-estação, apesar de animadoras, não têm relação com a quadra chuvosa, frisou a Funceme. Leitores informaram sobre semáforos apagados

07:57 | 21/01/2016
NULL
NULL

Atualizada às 14h01min

A capital cearense amanheceu com chuvas nesta quinta-feira, 21, com o maior registro desde o início da semana: 95 mm no posto Pici. A Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme) aponta que choveu em 146 * municípios cearenses, de 7 horas de quarta-feira, 20, até 7 horas de quinta.

A maior precipitação foi registrada em Crateús (166 mm), Amontada (155 mm), Trairi (150 mm), Crateús (133 mm), Granja (116,7 mm), Arneiroz (112.3 mm), Barroquinha (112 mm) e Senador Sá (110 mm).

%2b Confira a galeria de fotos das chuvas em Fortaleza

A Autarquia de Trânsito, Serviços Públicos e Cidadania (AMC) informou que equipes foram enviadas para os cruzamentos que ficaram com semáforos apagados, durante toda a manhã. Apenas quatro pontos ainda estão com equipamentos sendo reparados, no início desta tarde. São eles:

- Desembargador Moreira x Leite Albuquerque;
- Desembargador Moreira x Santos Dumont;
- Santos Dumont x Barbosa de Freitas;
- 13 de Maio x Carapinima.

[SAIBAMAIS 2] Outros semáforos que apresentaram problemas de manhã, mas foram restabelecidos, foram os dos cruzamentos da avenida Abolição e da Alberto Sá, João Pessoa com Desembargador Praxedes, Pontes Vieira com Joaquim Nabuco, Pontes Vieira com Oswaldo Cruz, João Pessoa com Araújo de Lima e Raul Barbosa com Santos Dumont.

[FOTO3] 

A autarquia disse que enviou equipes para a Héráclito Graça, no cruzamento próximo à Fazauto, onde foi registrado grande alagamento. O asfalto cedeu e um carro caiu no cruzamento da Ildefonso Albano com Deputado Moreira Rocha, mas a ocorrência não foi registrada pela AMC.

[FOTO5]

[FOTO6]

A Defesa Civil registrou 68 ocorrências na capital cearense, até o início da tarde desta quinta-feira, 21. Ao todo, foram 30 alagamentos, seis desabamentos, 22 riscos de desabamentos e outrps dez riscos de inundação.  A maior quantidade de ocorrências foi na Regional VI (37), seguida da Regional V (8) e Regional II (8). 

Segundo a Funceme, as chuvas de janeiro não têm relação com a quadra chuvosa. São sistemas diferentes atuando na formação de nuvens de chuva sobre o Ceará. Até fevereiro, o sistema Vórtices Ciclônicos de Altos Níveis (VCAN) podem influenciar nas precipitações. Mas o sistema principal da quadra chuvosa, entre fevereiro e maio, é a Zona de Convergência Intertropical (ZCIT).
[FOTO4]
Por isso, chover em janeiro não determina um ano seco, e conforme publicado pelo O POVO Online, a chance de chuvas no Estado abaixo da média histórica é de 65%.

Previsão
A Funceme aponta que o céu deve ficar nublado no decorrer do dia em todas as regiões cearenses. Para esta sexta-feira, 22, a previsão é nebulosidade variável com chuva em todas as regiões cearenses.

[VIDEO1]

 *Os dados da Funceme são atualizados no decorrer da manhã.

  Com informações da repórter Thaís Brito

TAGS