PUBLICIDADE
Notícias

"Fomos um pouco lenientes com o Aedes aegypti", diz ministro da Saúde

Marcelo Castro falou à rádio O POVO/CBN após apresentação do Plano de Enfrentamento ao Mosquito na região do Cariri

18:12 | 22/01/2016
NULL
NULL
Atualizada às 21h20min
O Plano de Enfrentamento ao Mosquito Aedes aegypti foi apresentado na região do Cariri. A ação iniciada nesta sexta-feira, 22, faz parte do Plano Estadual de Enfrentamento, que começou em dezembro de 2015. Em entrevista à rádio O POVO/CBN, o ministro da Saúde, Marcelo Castro, afirmou que a sociedade precisa se empenhar no combate ao mosquito enquanto uma vacina não é desenvolvida. O inseto é vetor da dengue, chikungunya e zika.  
 
"Ao longo desses quase 30 anos de convivência com o Aedes aegypti, nós fomos um pouco lenientes. O mosquito mata, transmite doenças gravíssimas e agora ele transmite a mais grave de todas", comentou.
 
"Nós só teremos vitória contra o mosquito quando a gente desenvolver uma vacina, mas por mais rápido que a gente tente ainda vai demorar anos", continuou. "Nesses próximos anos que não teremos a vacina, todo nosso empenho será para combater o mosquito".
 
O Plano é realizado em parceria entre o Governo do Estado, e os governos federal e municipais.
 
Redação O POVO Online
TAGS