Escolas estaduais e municipais abrem matrículas para novatosNotícias de Fortaleza
PUBLICIDADE
Notícias


Escolas estaduais e municipais abrem matrículas para novatos

As matrículas da rede municipal de ensino seguem até sexta-feira, 8, e da rede estadual até o próximo dia 25

19:09 | 03/01/2016

Tem início nesta segunda-feira, 4, o período de matrículas de alunos novatos nas escolas estaduais e municipais de Fortaleza. Nas 500 instituições de ensino da rede municipal de ensino - entre creches e escolas - as matrículas seguem até sexta-feira, 8, e cada dia corresponde as inscrições de uma faixa etária (veja abaixo). Já as 160 escolas estaduais recebem os alunos novatos até o próximo dia 25. Para alunos veteranos e aqueles que passaram da rede municipal para a estadual, o processo de matrícula encerrou-se ainda em dezembro.

“Os novatos são, em sua maioria, alunos que migram de escolas privadas para às públicas ou remanescentes de outros Estados”, explica Jefferson Queiroz Maia, coordenador da Superintendência das Escolas Estaduais de Fortaleza (Sefor II) da Secretaria Estadual da Educação. De acordo com o coordenador, a procura por vagas para esses alunos cresce anualmente em torno de 10%.

Atualmente, a rede estadual conta com 135 mil vagas, das quais 10 mil são para novos alunos. Nas escolas profissionais, em que há um processo seletivo por conta da grande procura, o período de pré-matrícula também já foi encerrado.

“Sabemos que historicamente algumas escolas são mais procuradas e, mesmo ofertando muitas vagas, rapidamente preenche o quadro de alunos. Pedimos aos pais que, em não conseguindo em uma, busquem na escola mais próxima. A nossa perspectiva é que nenhum aluno que demande ensino público fique sem estudar”, garante Jefferson.

Contando com cerca de 200 mil alunos na rede municipal de ensino, o coordenador do Ensino Fundamental da Secretaria Municipal da Educação, Carlos Eduardo Araújo Almeida estima que haja um crescimento de 10% a 12% no quadro de alunos este ano.

“O número de egressos da rede municipal que passam a rede estadual e as recentes creches e escolas de tempo integral inauguradas nos asseguram atender a nova a demanda”, aponta.

Com a documentação devida (veja abaixo), pais e responsáveis devem procurar a unidade mais próxima de ensino de suas residências. Os coordenadores destacam que documentação incompleta não é empecilho a efetivação da matrícula, podendo as pendencias serem sanadas posteriormente.

No caso da rede municipal, Carlos Eduardo lembra que é possível entregar a documentação em uma escola e, por meio da matrícula em rede, ficar em um banco de remanejamento para a escola de preferência.

Serviço 

Matrícula de novatos nas redes estadual e municipal de ensino

Quando: de hoje a sexta-feira, 8, (municipal) e de hoje a 

dia 25 (estadual)

Documentação municipal: Certidão de nascimento; documento de transferência (histórico escolar ou declaração da escola de origem); três fotos 3x4; documento de identificação social do responsável; comprovante de residência; cartão de vacinação; CPF ou RG do responsável quando o aluno for menor de idade e para, educação inclusiva, o laudo médico ou relatório pedagógico (que pode ser feito na própria escola). Para as escolas de Tempo Integral, é preciso, além da documentação, Termo de Adesão, questionário socioeconômico e ficha de saúde do estudante.

Cronograma municipal:  

Hoje: 1 a 6 anos

Amanhã: 7 a 9 anos

Quarta, 6: 10 a 12 anos

Quinta, 7: 13 e 14 anos;

Sexta, 8: a partir de 15 anos

Para pais que tem filhos de diferentes faixa etárias, a matrícula pode ser feita no mesmo dia do filho mais novo.

Documentação estadual: Cópia da certidão de nascimento; transferência ou declaração de escolaridade; pasta escolar; duas fotos 3x4; RG e CPF do aluno.

 

 

 

TAGS