PUBLICIDADE
Notícias

Polícia prende amiga carioca de turista italiana morta em Jericoacoara

As duas viajaram juntas para Jericoacoara, no dia 21, e pretendiam retornar na véspera de Natal. Depois de prestar depoimento como testemunha, farmacêutica teve prisão decretada por contradição em relatos

11:21 | 29/12/2014

Atualizada às 18h53min

A farmacêutica que acompanhou Gaia Molinari, 29, na viagem para Jericoacoara, foi presa por suspeita de participação no homicídio, conforme informações divulgadas nesta segunda-feira, 29, pela Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS). A turista carioca inicialmente foi ouvida na condição de testemunha, mas teve a prisão decretada após contradição em depoimento.

Ela foi encaminhada à Delegacia de Capturas e Polinter (Decap), onde deve permanecer por 30 dias à disposição das autoridades que investigam o caso. A Polícia informou que outras informações sobre a investigação serão divulgadas em coletiva de imprensa, realizada nesta tarde na Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

[SAIBAMAIS 2] Gaia Molinari chegou a Fortaleza no último dia 16, a passeio, e ficou hospedada em um albergue, onde conheceu a farmacêutica carioca, também turista.  As duas viajaram juntas para Jericoacoara, no dia 21, e pretendiam retornar na véspera de Natal. Porém, apenas a turista carioca embarcou no ônibus da volta.

O corpo da italiana foi encontrado por um casal que passava por uma trilha na localidade de Serrote, considerada uma Área de Preservação Ambiental (APA), que é rota de acesso para a Pedra furada, principal ponto turístico de Jericoacoara.

O POVO Online opta por não divulgar nome dos suspeitos ou datas porque a investigação ainda está em fase de desenvolvimento.

TAGS