PUBLICIDADE
Notícias

Instrutores de Centro Educacional Patativa do Assaré paralisam atividades

Um total de 16 instrutores paralisaram as atividades no Centro Educacional Patativa do Assaré, durante três horas, na manhã desta sexta, 10. A razão foi o afastamento de outros três colegas

16:17 | 10/10/2014

Um total de 16 instrutores do Centro Educacional Patativa do Assaré, no bairro Ancuri, na Secretaria Regional VI, paralisaram as atividades na manhã desta sexta, 10, em solidariedade a três colegas afastados do trabalho. A assessoria de imprensa da Secretaria do Trabalho e Desenvolvimento Social (STDS) afirmou que os três instrutores foram retirados temporariamente das funções por uma determinação judicial, por meio da Vara da Criança e do Adolescente. No fim da manhã, a situação já estava normalizada.

 

Os instrutores foram afastados, conforme afirma a STDS, por agir com agressividade contra os adolescentes internos. O Patativa do Assaré é um Centro Educacional direcionado para adolescentes com 16 e 17 anos que cometem atos infracionais. “É importante ressaltar que a STDS não aceita nenhum comportamento que vá de encontro ao que determina o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) e o Sistema Nacional de Assistência”, informou, por meio de nota.

 

O POVO Online tentou contato com Manuel Clístenes, juiz titular da 5ª Vara da Infância e Juventude de Fortaleza, mas o juiz não foi localizado. A STDS afirmou ainda, por meio da assessoria de comunicação, que um assessor jurídico foi encaminhado ao Centro Educacional, para que a situação fosse esclarecida. Ainda de acordo com a secretaria, o trabalho dos instrutores é acompanhado pela Justiça e pelo Ministério Público. Quando um deles apresenta uma conduta inadequada, é afastado para investigação.

 

Redação O POVO Online 

TAGS