PUBLICIDADE
Notícias

Cearense é uma das vítimas de chacina no Piauí

Clewilson Vieira, 34 anos, matou cinco pessoas em série na tarde da última quinta-feira, 30. Entre as vítimas, está o cearense Roberto Brito Bastos Crisóstomo, 50 anos

20:30 | 31/10/2014

Um homem provocou uma chacina no povoado Palmeira de Cima, em São Miguel de Tapuio, Piauí, localizado próximo a divisa com o Ceará. Clewilson Vieira, 34 anos, matou cinco pessoas em série na tarde da última quinta-feira, 30. Entre as vítimas, está o cearense Roberto Brito Bastos Crisóstomo, 50 anos.

De acordo com portal O Dia, do Piauí, Clewilson, conhecido como Chiê, matou primeiro a esposa dentro da casa onde o casal morava. Depois, ele foi até a residência do líder comunitário do povoado e o assassinou juntamente com seu neto. Em seguida, Chiê executou um comerciante da região. Por último, o assassino cometeu o homicídio do cearense Roberto Brito, que era professor de informática da rede municipal e morreu próximo à escola do povoado.
[SAIBAMAIS2]
O POVO Online entrou em contato com o irmão da vítima cearense, Reginaldo, que mora em Fortaleza. Ele informou à reportagem que não sabia detalhes dos assassinatos e foi à Teresina, Piauí, apenas para liberar o corpo do parente no Instituto Médico Legal (IML).

O corpo de Roberto Brito chega à Fortaleza por volta das 5h deste sábado, 1º, onde será velado às 9h. O sepultamento ocorrerá às 10h.

O caso

Conforme o portal O Dia, a Polícia afirmou que o autor dos homicídios é traficante, assaltante e usuário de drogas. Chiê teria surtado devido ao uso excessivo de entorpecentes e praticado os assassinatos em série, pois havia sido informado que os moradores do povoado estavam organizando um abaixo-assinado a favor de sua saída da região.

Clewilson Vieira continua foragido. Equipes da Polícia Militar e da Polícia Civil estão realizando buscas na região.

Redação O POVO Online

TAGS