PUBLICIDADE
Notícias

AMC implantará nova ciclofaixa na avenida Rui Barbosa

A ciclofaixa da avenida Rui Barbosa será implantada no sentido praia-sertão desde a rua Monsenhor Salazar até a avenida Historiador Raimundo Girão, com 3,8 quilômetros de extensão e cruzará ciclofaixa existente na avenida Santos Dumont

16:06 | 14/10/2014

A Autarquia Municipal de Trânsito, Serviços Públicos e de Cidadania (AMC) e a Secretaria de Conservação e Serviços Públicos começam, na noite desta terça, 14, a implantação da ciclofaixa na avenida Rui Barbosa. Até a próxima segunda, 20, deve estar concluído o novo trecho, que faz parte das ações que a Prefeitura vem realizando em favor do modal cicloviário em Fortaleza.

 

"Toda a operação, incluindo a pintura, deve ser realizada à noite, para não interferir no funcionamento da via", informa o chefe do Núcleo de Operações da AMC, Disraeli Brasil.

 

A ciclofaixa será implantada no sentido praia-sertão, desde a rua Monsenhor Salazar até a avenida Historiador Raimundo Girão, com 3,8 quilômetros de extensão, e cruzará ciclofaixa existente na avenida Santos Dumont. A implantação faz parte dos 16 quilômetros de infraestruturas que estão sendo implantadas até o final do ano como apoio ao Sistema de Bicicletas Compartilhadas, iniciativa que faz parte do Programa de Ações Imediatas de Trânsito e Transportes (Paitt), cujas primeiras estações (de um total de 40) começam a ser instaladas ainda em outubro.

 

De acordo com o secretário executivo da Secretaria de Conservação e Serviços Públicos, Arcelino Lima, a necessidade de implantação deste trecho cicloviário foi identificada no Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI), que deverá ajudar a ligar, segundo ele, a região Norte (Centro), até o Centro-Sul de Fortaleza (Pio XII e Lagamar). A ciclovia será concluída até o dia 20 de outubro. No intervalo entre essa data e o dia 20 de novembro, ainda segundo Lima, será feita a ciclofaixa na rua Carlos Vasconcelos, na Aldeota.

 

Serão implantados outros 10 quilômetros de ciclofaixas, próximas das ruas Carlos Vasconcelos e Deputado Moreira da Rocha (que ligará a Ana Bilhar às ciclofaixas da Rui Barbosa e Carlos Vasconcelos). Com o novo trecho, Fortaleza passará a ter 91,5 km de infraestruturas cicloviárias, sendo 16,5 km de ciclofaixas e 75 km de ciclovias.

 

O Plano Diretor Cicloviário Integrado (PDCI) é um plano estratégico que dotará a cidade de instrumentos e infraestrutura eficazes para a implantação de uma rede cicloviária, integrada ao sistema de transporte público de passageiros e aos equipamentos urbanos, e para o incentivo à utilização de meios de transporte não-motorizado.

 

O PDCI ainda prevê, segundo Lima, a implantação de trechos cicloviários em bairros como Conjunto Ceará, Bom Jardim e Barra do Ceará, ainda sem previsão início das obras. "Devemos divulgar um calendário em breve", finaliza Lima. 

 

Redação O POVO Online 

TAGS