PUBLICIDADE
Notícias

MPT e SRTE farão reuniões com Sintro e Sindiônibus para definir negociações

Às 10h30 desta sexta-feira, 13, haverá uma mesa de negociação com a mediação da Superintendência Regional do Trabalho. Uma audiência também foi agendada para as 14h no Ministério Público do Trabalho

14:43 | 12/06/2014

Atualização às 17h

O Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários no Estado do Ceará (Sintro) e o Sindicato das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Ceará (Sindiônibus) foram notificados pelo Ministério Público do Trabalho (MPT) para prestar esclarecimentos sobre o impasse nas negociações da campanha salarial da categoria. A audiência está marcada para esta sexta-feira, 13, às 14h, na sede do MPT. Antes, às 10h30, os órgãos participam de uma mesa de negociação com a mediação da Superintendência Regional Trabalho e Emprego (SRTE/CE), através da auditora fiscal do trabalho, Jeritza Jucá.

O procurador regional do trabalho, Francisco Gérson Marques de Lima, autor da notificação, solicita dos sindicatos as propostas de Convenção Coletiva de Trabalho e as Atas das Assembleias que autorizaram a pauta de reivindicação e demais deliberações.

Segundo o MPT, o serviço de transporte coletivo é considerado essencial pela Lei de Greve, em razão de sua relevância à sociedade.

[SAIBAMAIS3]De acordo com o Sindiônibus, o órgão comemorou a volta à mesa de negociação e espera chegar a um acordo com o Sintro sem precisar levar o caso para a Justiça do Trabalho.

O Sintro confirmou presença nas duas reuniões e informou que, às 7h30 desta sexta-feira, 13, vai distribuir carta aberta à população em todos os terminais avisando sobre a greve.

Saiba mais
Pautas da categoria: 15% de aumento salarial; mudança do vale-refeição de R$ 9 para R$ 12; cesta básica de R$ 80 para R$ 120; discussão sobre a jornada de trabalho; cobertura de 100% do plano de saúde.

Proposta dos empresários: 6,67% de reajuste dos salários; vale-refeição de R$ 9 para R$ 9,50; cesta básica de R$ 80 para R$ 85.

Lucas Mota

TAGS