PUBLICIDADE
Notícias

Justiça volta a suspender greve no IJF

A paralisação estava marcada para ter início nesta quarta-feira. No último dia 10, decisão judicial também acabou suspendendo a greve

11:25 | 18/06/2014

A Justiça voltou a suspender a greve dos servidores do Instituto Dr. José Frota (IJF), que estava marcada para ter início nesta quarta-feira, 18. A paralisação do último dia 10 também acabou suspensa por decisão judicial, após novo pedido da Prefeitura de Fortaleza.

A liminar diz que o Sindicato dos Servidores e Empregados Públicos de Fortaleza (Sindifort) e a Associação dos Servidores do IJF (Assijf) "se abstenham de promover, liderar ou apoiar, qualquer movimento de paralisação parcial ou total das atividades do Instituto Dr. José Frota, bem como se abstenham de realizar piquetes ou assembleias a menos de 500 (quinhentos metros) da sede da Unidade Hospitalar, até ulterior decisão deste Tribunal, sob pena de aplicação de multa diária no valor de R$ 100.000,00 (cem mil reais).” Em caso de descumprimento, foi determinada multa diária de R$ 100.000,00, para os sindicatos.

Segundo o Sindifort, a suposta preocupação com a saúde e o bem estar da população não leva em conta as condições precárias de funcionamento do hospital, que não tem segurança para servidores, pacientes e visitantes. Ainda de acordo com o sindicato, o IJF é deficiente quanto a equipamentos e quadro de pessoal, não apresenta condições adequadas de trabalho para profissionais da saúde e nem remuneração digna para os mesmos. Os servidores continuam mobilizados e não aceitam deixar para 2015 as demandas salariais, como quer o Executivo municipal, informou o Sindifort.

O POVO Online entrou em contato com a assessoria do IJF, mas as ligações não foram atendidas.

Redação O POVO Online

TAGS