PUBLICIDADE
Notícias

Antes da partida, repercussão de Fortaleza na mídia estrangeira é positiva

Portais do Uruguai e Costa Rica, que se enfrentam na Arena Castelão, nesta tarde, destacam a cor e beleza da Capital da Terra da Luz

15:41 | 14/06/2014
NULL
NULL

Atualizada às 21h10min

A menos de meia hora para a estreia de Fortaleza na Copa do Mundo 2014, que será palco da disputa entre Uruguai e Costa Rica, pela fase de grupos, a mídia estrangeira destaca a cor da Capital da Terra da Luz. O Aguanten Che (Uruguai) apresenta uma crónica da “ciudad con mucho color celest” e o costarriquenho Al Día, além da cor e beleza,atenta para a qualidade do Castelão, “un estadio de ensueño” (estádio sonho).

Tanto o La Nación deportes (Costa Rica) quanto o Al Día mostram imagem da Arena castelão, lembrando sua capacidade para abrigar mais de 64 mil pessoas. Se aqui os protestos anti-copa dizem que a cidade não possui estrutura, o Aguanten Che (Uruguai) apresenta Fortaleza como “uma cidade preparada para a festa”. O site diz que aqui se respira Copa do Mundo e as cores da bandeira adornam os carros. Os torcedores do celeste, ainda segundo o Aguanten, terão festa na praia, onde ocorre Fifa Fan Fest.

O costarriquenho Al Día, também em clima de elogios à capital cearense, enumerou três ingredientes especiais para os visitantes: calor escaldante, praia de areia branca espetacular e um estádio impressionante, “pronto para o Tricolor dar o seu melhor”. Outro ponto de destaque na cidade, para o portal, são os enormes arranhas-céu, que “salpicam a paisagem e têm acesso direto à praia”. “El escenario es una joya. El Castelao Arena intimida con solo verlo desde afuera” (O cenário é uma joia. O Castelão intimida quem o vê de fora), finaliza.
[FOTO2]

 

 

 

 

 


 

 

 

Diversidade?
O Aguenten Che ainda informa dados do Wikipédia, que apontam Fortaleza como a quarta cidade com mais homossexuais do País. Com imagens da Fifa Fan Fest, na ultima quinta-feira, 12, o site fala em grupos que promoviam aceitação de diversas opções sexuais. “Mediante folletos y distintas presentaciones ante el público, se pretendía conscientizar al turista” (Através de vários folhetos e apresentações para o público, se pretendia conscientizar os turistas), afirma.

Le monde <br> Se os jornais costarriquenhos e uruguaios apresentaram um Castelão imponente, o Le Monde pegou o caminho contrário e publicou foto ampla do ginásio com obras inacabadas. Na reportagem publicada neste sábado, antes da partida, France abordou turismo sexual: ‘’Ville carrefour du tourisme sexuel”. Texto aponta a capital cearense como a cidade brasileira da prostituição e um epicentro do turismo sexual.

Segundo o Le Monde, meninas fazem programas por R$ 50,00 e, a cada mês, cerca de mil casos de violência contra as mulheres são identificadas por unidades policiais especializadas. O crescimento da prostituição é ressaltado, por um enorme aumento de 2001 até 2013, “100 mil para mais de meio milhão em 2013”. 

Redação O POVO Online

TAGS