PUBLICIDADE
Notícias

Leitores denunciam assaltos na Parangaba

18:09 | 16/05/2014

[SELOLEITOR] Leitores do O POVO denunciaram, via whatsapp, ação de assaltantes no entorno do shopping Parangaba, localizado na rua Germano Franck. Segundo os depoimentos, os acusados abordam as vítimas em motocicletas e têm preferência pelas mulheres.

“Acontecem todo dia, cada vez mais constantes e ocorrem em qualquer horário. Só essa semana foram duas amigas e um tia”, diz a estudante de Administração, Rafaela Teixeira. Nas denúncias, os leitores afirmam que querem uma providência. “Quando não conseguem levar nada, os assaltantes tiram a vida das pessoas”, completa a estudante.

Ainda segundo Rafaela, os policiais do Ronda do Quarteirão que atendem a área sabem quem são os acusados. “Então porquê não prendem?”, questiona. Ela diz ainda que os locais do bairro com mais roubo são as vias Zacarias Gondim, Elcias Lopes, Dom Carloto Távora, Almirante Rubim, João Pessoa e Elvira Pinto. A assistente administrativa Ruth Lima também denuncia os roubos: “é um casal em uma motocicleta atormentando a paz das pessoas”.

O policial identificado apenas como Ferreira, do Ronda do Quarteirão 1047, que atende a área, disse que eles não conseguem identificar os acusados de assaltos. “Não é só no entorno do shopping não, é em toda a área que a gente atende que tem muitos assaltos. As pessoas falam uma moto preta, uma mulher loira, mas sem placa anotada, não dá pra fazer qualquer localização”, explica.

Em contato com o O POVO Online, o relações públicas da Polícia Militar, tenente-coronel Fernando Albano, disse que só quem poderia falar sobre a região é o major responsável pela área. Ele orientou que a redação ligasse para a secretaria dele para obter o número do major da Parangaba, mas o telefone repassado não foi atendido.

A assessoria da Polícia Civil orientou à população que denunciasse os roubos e fizesse boletins de ocorrência. A da Secretaria Estadual da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS) disse que apenas a Polícia Militar poderia responder sobre questões relacionadas a policiamento ostensivo.

Grupo armado com facas faz arrastão em ônibus
Na noite da última quinta-feira, 15, um grupo composto por sete jovens (cinco meninos e duas meninas) armados de facas realizou um arrastão em um ônibus da linha Antônio Bezerra-Messejana, às 22h. O grupo ameaçou os passageiros e levou os objetos de todos que estavam no veículo.

Na última quarta-feira, um cobrador da linha Barra do Ceará –Beira Rio levou uma facada na cabeça durante assalto ao coletivo. Os acusados foram detidos, mas os cobradores e motoristas da área da Barra do Ceará paralisaram as atividades, em protesto contra a insegurança nos coletivos.

 

%uFEFFEsta matéria foi sugerida por um leitor pelo WhatsApp do O POVO, no número (85) 8201 9291. Mande você também informações em tempo real para O POVO. 

Redação O POVO Online

TAGS