PUBLICIDADE
Notícias

Ceará é o estado com maior desmatamento de restinga, aponta estudo

Trairi, Amontada e Aquiraz são os municípios com maior índice de desmatamento, com 259, 71 e 57 hectares de supressão, respectivamente

13:35 | 28/05/2014
NULL
NULL

Atualizada às 14h45min

O Ceará é o estado que teve o maior desmatamento de restinga, no período de 2012 a 2013, conforme levantamento da Fundação SOS Mata Atlântica e do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). O estudo com dados florestais de todo o País foi divulgado na última terça-feira, 27.

A supressão da vegetação restinga no Brasil foi de 806 hectares, 494 deles somente do Ceará. Os municípios com maior índice de desmatamento foram Trairi, Amontada e Aquiraz, com 259, 71 e 57 hectares de supressão, respectivamente. O restante foi identificado no Rio de Janeiro (106 hectares) e no Paraná (94 hectares).

Ainda sim, houve redução de 48% no País em relação aos 1.544 hectares desmatados no período de 2011 e 2012, conforme o Inpe. Na Mata Atlântica, o estudo anotou 641.284 hectares desmatados de vegetação restinga. São Paulo possui a maior extensão (206.698 hectares), seguido do Paraná (99.876 hectares) e Santa Catarina (76.016 hectares).

O POVO Online entrou em conato com a Superintendência Estadual do Meio Ambiente do Ceará (Semace), que informou que a principal ação para minimizar o desmatamento no Estado é a fiscalização. Em 2013, foram constatadas 231 infrações envolvendo recursos florestais no Ceará. As  irregularidades incluem desmatamento, queimada, produção de carvão, comércio, transporte e armazenamento irregular de produtos florestais (madeira e carvão).

O maior número de infrações registradas no ano passado foi relacionada ao comércio, transporte e armazenamento irregular dos produtos, conforme explicou o órgão. Ao todo, a Semace recebeu 145 denúncias.

Restinga <br>A restinga é o conjunto de formações vegetais que revestem as areias litorâneas, desde  o oceano até as primeiras encostas da Serra do Mar.  A formação desses terrenos é muito afetada pela força do ventos e das águas marinhas, conforme informações do site InfoEscola. Com a ação do vento, as areias das praias são transportadas para pequenas elevações já existentes, formando as dunas. 

Brasil <br>Segundo o Inpe, após dois anos da aprovação do novo Código Florestal, a taxa de desmatamento nas áreas de Mata Atlântica continua a subir. Comparado ao período anterior, o desmatamento aumentou 9%, ou seja, foram 23.948 ha (239 Km²) desmatados no período de 2012 a 2013 contra 21.977 ha entre 2011 e 2012. A taxa anual de desmatamento é a maior desde 2008, cujo registro foi de 34.313 ha.

No período 2008 a 2010, a taxa média anual foi de 15.183 hectares. No levantamento de 2010 a 2011, ficou em 14.090 ha. Nos últimos 28 anos, somente a Mata Atlântica perdeu 1.850.896 ha, ou 18.509 km2. Atualmente, restam apenas 8,5% de remanescentes florestais acima de 100 ha.

Minas Gerais é o estado campeão do desmatamento pelo quinto ano consecutivo, com 8.437 ha de áreas destruídas, seguido do Piauí (6.633 ha), Bahia (4.777 ha) e Paraná (2.126 ha). Juntos, os quatro Estados são responsáveis por 92% do total dos desflorestamentos, o equivalente a 21.973 ha.

Serviço <br> Pesquisa completa neste link <br>Irregularidades ambientais no Ceará podem ser denunciadas pelo número 0800-275-2233, do Disque Natureza da Semace. O atendimento é realizado de segunda a sexta-feira, das 8 às 15 horas.
 

Redação O POVO Online

TAGS