PUBLICIDADE
Notícias

Alunos de escola estadual usam lixeiras para conter goteiras

17:59 | 09/04/2014
NULL
NULL
Quando chove, as lixeiras tornam-se suportes para aparar os pingos de água que caem das goteiras abertas no telhado. A situação está ocorrendo nos últimos dias na Escola de Ensino Fundamental e Médio Dom Antônio de Almeida Lustosa, no bairro Edson Queiroz.  

"Quando chove, os alunos devem se levantar da cadeira e procurar outro acento, pois a escola toda tem goteiras". A denúncia partiu de uma pessoa que frequenta a escola e pediu para não ser identificada. Segundo ela, não só os alunos têm de se adequar ao problema. "A mesa da professora fica completamente molhada", diz. 

Diretora do colégio, Djanine Medeiros Leão diz que as salas de aula não são os setores mais afetados do local. "A coordenação está pior que as salas". Segundo a professora, as aberturas no telhado são causadas, em sua maioria, por pedras arremessadas. "Isso, infelizmente, é muito comum. As pessoas passam na rua e jogam essas pedras", comenta. 

Em decorrência desses episódios, as telhas têm de passar por reparos diversas vezes ao ano. Amanhã, segundo informou Djanine, uma pessoa vai à escola realizar os consertos na estrutura do local.  

Camila Holanda

TAGS